Sindicatos protestam contra a PEC da reforma da previdência

Por: Roberto Nogueira | Editoria: politica | 13/03/2017 | Visualizações: 188

- Foto de

O SEMPRE (Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de São Sebastião do Paraíso), realizará uma assembleia para definir a adesão da categoria na Paralisação Nacional Geral, marcada para ocorrer na próxima quarta-feira,15.  A mobilização visa reunir os trabalhadores em relação a PEC (Proposta de Emenda Constitucional), que trata da reforma da previdência. O assunto também mobiliza o Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Paraíso.
A assembleia do sindicato será nesta segunda-feira,13, às 18 horas na sede da AFM (Associação dos Funcionários Municipais), localizada à Rua dos Antunes 1.300, no centro da cidade. Segundo a presidente do sindicato, Maria Rejane Tenório de Araújo Santos, da maneira como a proposta está sendo apresentada torna-se impossível concordar. “Nós defendemos que os trabalhadores tenham seus direitos e que não percam os benefícios conquistados ao longo de muitos anos e a questão previdenciária, bem como o aspecto da aposentadoria da forma como está sendo colocada é prejudicial a classe trabalhadora”, avalia. 
Ela sinaliza que o assunto é bastante polêmico e requer uma atenção especial dos trabalhadores que precisam sim se manifestar à respeito, por isso, o chamamento está sendo feito. “Esperamos contar com um grande número de servidores e funcionários porque é um assunto que está relacionada a vida de todos eles”, completa. 

 

OUTRAS CATEGORIAS
Além dos servidores municipais, outra categoria que também vem se mobilizando em relação a proposta de reforma da previdência é o Sindicato dos Trabalhadores Rurais de São Sebastião do Paraíso. O advogado Roni Galvão que é membro efetivo da diretoria do sindicato informou que está atento à questão. “Somos extremamente contra a reforma da previdência, da forma proposta”, anuncia. Ele disse que o sindicato participou de uma manifestação em Poços de Caldas, em 15 de fevereiro, quando 18 pessoas de Paraíso participaram do movimento.
Outra categoria de trabalhadores de São Sebastião do Paraíso que também está se mobilizando para manifestar-se na próxima semana é o Sind-UTE/MG. A categoria também realizará uma assembleia em Belo Horizonte e poderá deflagrar greve em um movimento de origem nacional. Em pauta os educadores vão votar sobre o início da paralisação contra a reforma da previdência, prevista na PEC 287. Representantes da classe em São Sebastião do Paraíso e da região serão enviados à capital para participarem das manifestações na quarta-feira,15.

GRÁFICA E EDITORA DR LTDA

  • Av. Monsenhor Mancini, 212 - Sala 1
    Centro - São Seb. do Paraíso, MG
    CEP: 37950-000
  • E-mail: jornalsudoeste@yahoo.com.br
  • Website: www.jornaldosudoeste.com.br
  • Telefone: (35) 3531.1897