CURTAS

CURTAS EDIÇÕES 2169

Por: Redação | Editoria: cidades | 13/01/2018 | Visualizações: 4399

- Foto de Reprodução

EXTRAORDINÁRIA
Segunda-feira,18, será dia de sessão extraordinária da Câmara Municipal de São Sebastião do Paraíso. Os vereadores vão apreciar projeto do Executivo que trata da transferência ao Estado de Minas Gerais, como garantia de alienabilidade o Estádio Municipal Irmãos Capatti. Até então a área alienada era da Praça de Esportes Castelo Branco. Ambos os locais têm valores equiparados sendo que o campão é avaliado em R$ 25 milhões e a Praça de R$ 22 milhões.


UFLA E SESC
A iniciativa permitirá a instalação ainda neste semestre do Serviço Social do Comércio (Sesc) nas dependências da Praça de Esportes Castelo Branco e, consequentemente, a vinda da Universidade Federal de Lavras (Ufla) na área no Jardim Mediterranèe onde seria construído o Sesc. As conversações entre o Município, Ufla e Sesc foram iniciadas em 2016, prosseguiram durante todo o ano passado e agora está próximo de ter um desfecho favorável para todos. Com isso Paraíso está próximo de dar um passo importante em sua história. 


INVESTIMENTO
O investimento da Ufla em Paraíso é estimado em torno de R$ 40 milhões, sendo R$ 27 milhões já garantidos no Orçamento da União deste ano para início das obras e cursos que, a princípio, serão voltados à áreas de engenharia, informática, alta tecnologia e agronegócio. Já o Sesc deve investir R$ 5 milhões para reestruturar a Praça de Esportes, melhorando todo o espaço e implantando projetos de lazer, cultura e educacionais, tanto para sócios — que serão mantidos no quadro social, e a população como um todo. O órgão já tem recursos em caixa disponíveis para adequar a praça esportiva dentro de seus padrões de funcionamento.


FAVORÁVEIS
Pelo que se sabe até aqui os vereadores são favoráveis à aprovação do projeto, que conforme já foi dito anteriormente, em se concretizando já valerá por todo o mandato, tamanho o ganho para a cidade de uma proposta de tamanha envergadura. Dos oito vereadores que participaram da reunião com o prefeito Walker Américo, em seu gabinete, na quinta-feira, todos se posicionaram favoráveis à proposição. O presidente da Câmara, Marcelo Morais, em viagem de férias, manifestou nas redes sociais também ser favorável, situação que também não deve ter oposição da vereadora Cidinha Cerize, que também encontrava-se em viagem.


GANHO
Muitas pessoas ainda não têm em mente a dimensão do que representa a instalação de um campus da Ufla em Paraíso. No passado há cerca de 15 anos, Paraíso, recebeu curso de Direito,da Unifenas. A faculdade atraiu alunos dos mais diversos lugares do Brasil, movimentando a economia da cidade em relação a locação de imóveis, bares, restaurantes, lanchonetes e outros setores. Agora a vinda de uma universidade federal poderá resultar em novamente em uma ampla possibilidade de crescimento destes setores. O ganho intelectual e uma série de outros aspectos podem ser sopesados, como algo positivo, que muitos outros municípios almejam e que esta batendo à porta de Paraíso. A instalação do campus da UFLA em Paraíso, e dos recursos financeiros já assegurados é esforço e trabalho pessoal do deputado Carlos Melles.


ANTENADO
O vereador e secretário da mesa diretora da Câmara de Paraíso, Luiz de Paula está realizando um trabalho visando obter melhorias nas áreas de comunicação e segurança no município. Ele está trabalhando junto a vários órgãos como o Detel (Departamento de Telecomunicações de Minas Gerais), Polícia Militar e Governo do Estado para a instalação de uma antena de telefonia celular. A iniciativa deve beneficiar cerca de 40% do território paraisense, na região do Distrito de Guardinha e que abrange inclusive áreas de São Tomás de Aquino. É uma proposta que merece o engajamento de outras lideranças reforçando o pleito em prol da população que pode ser atendida. 


NOVA DIREÇÃO
Integrantes da diretoria da Comissão Governamentista do Sindicato dos produtores Rurais (Sindpar) encabeçado por Roberto Rezende Pimenta Filho (Betô) e Daniel Alves Pinto se apresentaram para o setor na quarta-feira,10. Eles participaram da reunião do Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural Sustentável onde expuseram a situação do sindicato. Sem dívidas e em busca de novos projetos que visem fortalecer e desenvolver o setor este é o caminho que querem trilhar. A acolhida foi calorosa e a receptividade deixaram os postulantes a assumir o sindicato bastante animados. Novos tempos e novos pensamentos. 


IPVA
A pressão da Associação Mineira de Municípios (AMM) em relação aos repasses do Governo do Estado de Minas Gerais têm surtido alguns efeitos. Após o grito e ameaça de “rebelião dos prefeitos” o Governo quitou as parcelas do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), no início da semana O valor total depositado nas contas dos municípios foi de R$ 73.518.628,19. Agora a expectativa é em relação aos repasses do que o contribuinte começou a pagar sobre o IPVA 2018. 


REPRESANDO
A Constituição Federal (artigo 158, inciso III) determina que 50% da receita de IPVA arrecadada pelos Estados sejam repassados aos respectivos municípios. Em Minas Gerais, 50 % do valor arrecadado com o IPVA são creditados pelos bancos arrecadadores em conta do Estado e 50% são creditados em conta do município de licenciamento do veículo. Até novembro de 2017, os recursos eram repassados diretamente às prefeituras pelo Banco do Brasil, quando o pagamento era efetuado pelos proprietários de veículos. No entanto, o governo editou o decreto 47.296/2017 que determina que o Estado fica responsável por repassar o valor para os municípios, sem especificar em qual prazo. 


UNIFORMES
O governo de Minas Gerais publicou nesta semana a sanção do governador Fernando Pimentel à Lei 22.863. A legislação proíbe que clubes recreativos exijam de acompanhantes ou empregados de sócios, no exercício de cuidados com crianças e idosos, a utilização de uniformes. O texto estabelece que o descumprimento dessa proibição sujeitará o infrator ao pagamento de multa no valor de mil Unidades Fiscais do Estado de Minas Gerais (Ufemgs), hoje pouco mais de R$ 3 mil, aplicada em dobro em caso de reincidência. Para a identificação desses acompanhantes e convidados de associados, fica permitida a utilização de crachás identificadores ou adesivos.


É FOGO ...
Dois incêndios em residências foram registrados nesta semana em Paraíso. Terça-feira no San Genaro quando as instalações foram consumidas pelas chamas. Um casal sofreu queimaduras. Na manhã de sexta, no Jardim das Acácias outro incêndio precisou da interferência do Corpo de Bombeiros. A provável causa foi o fogo de uma vela em um oratório. Felizmente foram danos materiais. Os três idosos moradores no local estavam fora da residência.

GRÁFICA E EDITORA DR LTDA

  • Av. Monsenhor Mancini, 212 - Sala 1
    Centro - São Seb. do Paraíso, MG
    CEP: 37950-000
  • E-mail: jornalsudoeste@yahoo.com.br
  • Website: www.jornaldosudoeste.com.br
  • Telefone: (35) 3531.1897