POESIA

“Fênix’’ 

Por: Redação | Editoria: cultura | 30/01/2018 | Visualizações: 2205

- Foto de Reprodução

Sou como a "Fênix"
Quando penso que para mim,
Não há mais solução,
Aí aparece uma luz no final do túnel
Então eu resurjo das cinzas
Do pó, do carvão!
Eu me ergo mais forte ainda,
Hoje eu descobri
Que esta "força" estranha
Que mora dentro do meu interior
Dentro do meu coração
Se chama ''Espírito Santo''
É ''Ele'' que me faz renascer todos os dias,
Que me ajuda a vencer todos os obstáculos
Todo sofrimento, todas as dores 
Que me acompanharam, durante toda vida
Desde o meu nascer.
Agradeço infinitamente,
A esta ''Força''
Que se chama ''Espírito Santo '' 
Obrigada! Muito obrigada!
Estou feliz!


Lú Lorenz - 07/11/2017

GRÁFICA E EDITORA DR LTDA

  • Av. Monsenhor Mancini, 212 - Sala 1
    Centro - São Seb. do Paraíso, MG
    CEP: 37950-000
  • E-mail: jornalsudoeste@yahoo.com.br
  • Website: www.jornaldosudoeste.com.br
  • Telefone: (35) 3531.1897