VAGAS NAS CRECHES

Lisandro Monteiro cobra vagas nas creches de Paraíso

Por: João Oliveira | Editoria: politica | 22/02/2018 | Visualizações: 540

- Foto de Reprodução

Durante o grande expediente da Câmara Municipal, vereadores debateram a falta de vagas nos Centros Municipais de Educação Infantil (CMEI’s) de São Sebastião do Paraíso. O assunto foi levantado pelo vereador Lisandro Monteiro, que ressaltou a preocupação com a situação e cobrou solução para o problema. A secretária municipal de Educação, Maria Ermínia Preto de Oliveira Campos, informou que o município tem feito o possível para atender a demanda, mas há critérios para o atendimento para que a qualidade do serviço não fique prejudicada.
De acordo com Lisandro, pais têm procurado o vereador nas últimas semanas para relatar o problema e questionou se o fato seria de conhecimento da Secretaria Municipal de Educação. Conforme explicou Monteiro, muitos desses pais têm perdido oportunidades de trabalho ou estão ficando desempregados porque não têm com quem deixar os filhos pequenos. “Em momento de crise econômica como esse que estamos passando, é preciso que o prefeito e a Secretaria de Educação resolvam essa situação o quanto antes”, pediu o vereador.
A vereadora Cidinha Cerize também se manifestou sobre a questão e lembrou que uma das condicionantes para os pais matricularem os filhos pequenos nas creches municipais de Paraíso é que eles estejam empregados, contudo, ela questionou que se mãe tem dois, três filhos pequenos e precisa sair para procurar trabalho, com quem ela deixaria essas crianças.
Cidinha lamentou a situação  e ainda demonstrou preocupação com as crianças pequenas que acabam sendo deixadas em casa com irmãos um pouco mais velhos para que as mães possam trabalhar fora. Conforme explicou, os menores se tornam alvos de diversos tipos de violência, inclusive sexual.
“Elas ficam vulneráveis a vizinhos e outras que estão ali observando. É uma situação muito delicada para essa mãe, porque ela tem que trabalhar. Há casos de crianças de 10 anos cuidando de crianças de quatro anos, claro que é irregular, mas às vezes é o que acontece”, concluiu.


SECRETARIA DE EDUCAÇÃO
A secretária municipal de Educação, Maria Ermínia, informou que o atendimento nas creches, que contempla alunos de 0 a 3 anos, tem sido ofertado na medida do possível. Segundo ela, 50% da demanda manifesta, que são pais que procuram pelo atendimento, são atendidas. Atualmente, os oito CMEI’s existentes em Paraíso atendem cerca de 1000 crianças, mas ainda há a necessidade de novas instalações.
“A gente sabe que todos têm direito, mas temos que colocar critérios porque não podemos atender uma demanda além da que as creches comportam, para não prejudicar a qualidade do atendimento. Temos uma assistente social, que acompanha caso a caso e é preciso ser feito cadastro. Ás vezes temos vagas em creche onde a mãe não tem vontade de colocar a criança, então não é que está negando atendimento, mas é que a vaga não atende a vontade daquela mãe”, explica a secretária de educação.
Conforme Maria Ermínia, a intenção é que ainda este ano o município inicie obras para a construção de nova duas CMEI’S em Paraíso, uma no Alto do Bela Vista e outra no Veneza. A conquista possibilitará uma ampla oferta de vagas em ambas as regiões, mas ainda não a previsão para se iniciar as obras.

GRÁFICA E EDITORA DR LTDA

  • Av. Monsenhor Mancini, 212 - Sala 1
    Centro - São Seb. do Paraíso, MG
    CEP: 37950-000
  • E-mail: jornalsudoeste@yahoo.com.br
  • Website: www.jornaldosudoeste.com.br
  • Telefone: (35) 3531.1897