ALBERGADOS

Presos albergados em Paraíso podem ter sido vítimas de abuso de autoridade

Por: Nelson de Paula Duarte | Editoria: policia | 06/03/2018 | Visualizações: 3334

- Foto de Arquivo

Uma equipe do Núcleo de Correição Administrativa (Nucad) da Secretaria de Estado de Administração Prisional esteve na unidade prisional de São Sebastião do Paraíso na semana passada, colhendo depoimentos de agentes penitenciários e presos do presídio local sobre uma Investigação preliminar, sigilosa. Conforme apurado pelo Jornal do Sudoeste, há suspeita que presos da unidade foram submetidos a abuso de autoridade.
A denúncia é que três presos albergados que têm autorização da justiça para trabalhar durante o dia e serem recolhidos à noite, ficaram retidos dentro da unidade.
Ao chegarem para pousar no albergue os presos foram surpreendidos com ordem atribuída ao diretor geral, Sérgio de Assis, transmitida pelo coordenador do plantão noturno, que os mesmos, teriam que permanecer na unidade para serem ouvidos pelos agentes do Nucad.
Sem que fossem notificados pela justiça, os presos tiveram que permanecer na unidade até por voltas das 17h, faltando ao trabalho, sem poder fazer contato com o empregador. De acordo com informações, nem mesmo agentes foram notificados que iriam prestar depoimentos.
Os presos ficaram preocupados como justificar para justiça a falta no emprego, já que conforme alegam, não havia a ordem da juíza informando que eles teriam que permanecer na unidade e com isso perder o beneficio do trabalho externo, uma vez que para tal procedimento a justiça deveria ter sido comunicada e os presos notificados antes.    

 

 

GRÁFICA E EDITORA DR LTDA

  • Av. Monsenhor Mancini, 212 - Sala 1
    Centro - São Seb. do Paraíso, MG
    CEP: 37950-000
  • E-mail: jornalsudoeste@yahoo.com.br
  • Website: www.jornaldosudoeste.com.br
  • Telefone: (35) 3531.1897