PARLAMENTAR

Parlamento Jovem tem inicio e discutirá “a violência contra a mulher”

Por: Roberto Nogueira | Editoria: politica | 07/03/2018 | Visualizações: 1418

- Foto de Reprodução

Com 67 jovens inscritos em São Sebastião do Paraíso , teve início na sessão da Câmara, segunda (5/3), o Programa Parlamento Jovem 2018. O presidente da Escola do Legislativo ao qual o programa está ligado, é o vereador Vinicius Scarano Pedroso. O tema a ser debatido neste ano é a “Violência contra a Mulher”, tendo como coordenadora a vereadora Cidinha Cerize.
Ao declarar aberto o Parlamento Jovem de Minas 2018 em São Sebastião do Paraíso, o presidente da Câmara, Marcelo Morais, disse que no passado houve simplesmente a sequência de um trabalho que vinha sendo realizado pela então vereadora,  hoje vice-prefeita Dilma Oliveiras.
Vinicius em nome da Escola do Legislativo agradeceu aos jovens pela opção de participar do Parlamento Jovem. “Não sei se vocês estão percebendo, mas a gente precisa perceber isso, todos nós precisamos e dependemos do poder público, na saúde, asfalto da nossa casa, animais, segurança, educação, ou seja, tudo depende dos recursos que estão do poder público, vindo dos impostos que pagamos”.
O vereador sugeriu que permaneçam até o final do curso. “A importância de vocês futuramente pode influir na melhoria da qualidade de vida de todas as pessoas de suas comunidades. O Parlamento Jovem dá a vocês a oportunidade de conhecer a responsabilidade dos agentes políticos, lhes proporciona uma formação política, cidadã, e através desta instrução poderão passar a formar opiniões de pessoas que convivem com vocês”. 
Vinicius disse que se não se investir na educação e na formação política e cidadã continuaremos a ver em redes sociais, coisas ruins, a mídia divulgando corrupção, abandono, pessoas morrendo em corredores de hospitais, falta de segurança. Mas quem colocou os envolvidos no poder público, somos nós que votamos, salientou. 
O vereador comentou também sobre se anular votos. “Dói meu coração quando alguém fala em anular voto, pois além da omissão, dará oportunidade para pessoas ruins atuarem na política. É preciso analisar o perfil em quem irá votar, e depois cobrar dos eleitos”. O Brasil precisa de pessoas politicamente formadas e informadas para dar melhor qualidade de vida para todos nós, ressaltou Vinícius.  
Prosseguindo, aconselhou que os jovens inscritos no programa, a entender a função do vereador, pois assim terão condições de opinar com base em princípios da administração pública, legalidade, moralidade, eficiência, moralidade, transparência, impessoalidade. Esses são os princípios, se o gestor público tiver estes princípios como foco, vai melhorar, concluiu.
A vereadora Cidinha Cerize será a coordenadora do Parlamento Jovem 2018. “Precisamos formar nossos jovens com consciência política para que possamos mudar o atual quadro político”. 
O Parlamento Jovem é realizado há cinco anos em Paraíso, e atualmente discute temas importantes e necessários para reflexão e aprofundamento principalmente por estudantes do Ensino Médio. Neste ano, conforme explica a vereadora, os debates e a construção terão como tema central a Violência contra a Mulher. “E mais que possibilitar a experiência da função legislativa a estes jovens, o programa possibilitará sua vivência com redação de propostas que vão ajudar resolver parte deste problema, ou pelo menos minimizar o sofrimento de mulheres que sofrem violência, em nossa cidade, no Estado, inclusive com possibilidade dessas propostas que saírem desta Casa, se tornarem leis vigentes no Estado de Minas Gerais”.
A vereadora disse se sentir honrada com sua escolha como coordenadora do tema, e falou sobre a preocupante violência contra a mulher no Brasil, que está entre as maiores no mundo. Que possamos ter um ano muito produtivo, finalizou.

GRÁFICA E EDITORA DR LTDA

  • Av. Monsenhor Mancini, 212 - Sala 1
    Centro - São Seb. do Paraíso, MG
    CEP: 37950-000
  • E-mail: jornalsudoeste@yahoo.com.br
  • Website: www.jornaldosudoeste.com.br
  • Telefone: (35) 3531.1897