GILBERTO AMARAL

Gilberto Amaral

Por: Gilberto Amaral | Editoria: brasil | 14/03/2018 | Visualizações: 1301

Carmem Lúcia - Foto de Reprodução

MULHERES DO BRASIL
“Reflexões sobre o papel feminino, suas lutas e vitórias na busca da igualdade de gênero”, é a palestra que a ministra Cármen Lúcia (foto), presidente do Supremo, vai proferir no dia 21, como parte de iniciativa do Grupo Mulheres do Brasil. A jurista, professora e magistrada, que já atuou no TSE e hoje também lidera o Conselho Nacional da Justiça, abordará esse importante tema, em meio ao mês da mulher. O evento vai acontecer no auditório do CCBB, das 18h30 às 20h.

 

Nova programação 
O diretor da TV Bandeirantes, Flávio Lara Resende (foto) recebeu convidados para um almoço, no Unique Palace, ocasião em que foi lançada a nova grade da Band, em Brasília.

 

Vacinação
O ministro da Saúde, Ricardo Barros, lança nesta terça a nova campanha de vacinação contra a meningite C e HPV. A ação tem o objetivo de sensibilizar e mobilizar meninos e meninas, pais ou responsáveis, além de profissionais de saúde para a importância e o cumprimento da vacinação contra as duas doenças.

 

NOVO KUR
Recebo da fundadora do Kurotel - Centro Médico de Longevidade e SPA - Neusa Silveira (foto), convite para celebrar os 36 anos do Kur, quando serão inaugurados novos apartamentos para melhor atender seus frequentadores nacionais e internacionais. Será no dia 26.

 

Signature chefs
Durante três dias os jantares no Kurotel serão assinados por três renomados chefs da alta gastronomia. Nesta quinta será a vez de Rodrigo Nappi, de Porto Alegre, cuja especialidade é a cozinha nikkei, uma fusão da culinária japonesa com a peruana. No dia 24 o almoço ficará sob a batuta do chef Jean Paul Bondoux, do restaurante La Bourgogne de Punta Del Este, da rede Relais & Châteaux. O jantar do dia 29 terá o comando de Ipê Aranha, paulista especializado em culinária funcional. Très chic!

 

Alta costura
Morre, aos 91 anos, mais um estilista, ícone da moda, Hubert de Givenchy, lenda da alta costura que tornou-se muito conhecido por ser o preferido de Audrey Hepburn. Dormia, no sábado, quando faleceu. Seu primeiro desfile foi em 1952 e o último em 1995. No filme “Bonequinha de Luxo” Audrey vestia um tubinho preto que marcou o mundo da moda pela elegância de suas criações.

 

Arte
Tem recebido muitos elogios a exposição fotográfica “Voo Livre”, que a artista plástica e fotógrafa, Sonnia Guerra (foto), está realizando no Museu Nacional da República, até o dia 1º de abril, na sala Conexão XX. As belíssimas imagens são resultados da utilização da técnica em Canson e pigmentos minerais, tão bem trabalhadas pela artista.

 

Campanha da LBV I
Crianças e adolescentes que participam dos programas socioeducacionais no Centro Comunitário de Assistência Social da Legião da Boa Vontade, receberão, nesta quarta-feira, às 14h, os kits de material pedagógico da campanha Criança Nota 10 — Proteger a infância é acreditar no futuro.

 

Campanha da LBV II
A iniciativa visa apoiar os pais que não têm recursos para a compra do material escolar e contribuir para o combate ao analfabetismo. A campanha vai beneficiar, em todo o Brasil, mais de 22 mil estudantes de 90 municípios, nas cinco regiões do país em situação de vulnerabilidade social. No DF as famílias beneficiadas em sua maioria residem na Estrutural.

 

Política e crise humanitária
Patricia O’Brien (foto), embaixadora da Irlanda na França, numa conferência reservada a estudantes de direito, em Paris, diz que falta vontade política de diplomatas e líderes para melhorar as bases do direito internacional público. Ela é a favor de uma reforma do Conselho de Segurança da ONU (CSNU) para que as soluções de conflitos sejam mais eficazes. O Brasil também advoga essa reforma e desde 1945 enseja entrar no CSNU. O’Brien foi vice secretária de Assuntos Jurídicos da ONU entre 2008-2013.

 

Desigualdade salarial
Para denunciar a disparidade salarial entre homens e mulheres, o jornal francês Libération deu desconto de 25% para mulheres no dia 8 de março. O percentual do desconto representa a diferença de salário entre homem e mulher na França. Dentro das 20 medidas para resolver o problema até 2022, o governo francês vai implantar um software ‘espião’ nas empresas com mais de 50 empregados para detectar os casos de desigualdade salarial injustificada na mesma função.

 

Diplomacia feminista
O Ministério das Relações Exteriores francês lançou um programa de ações para defender os direitos das mulheres no mundo. O tema será central durante a presidência francesa do G7 em 2019. O ministério se engaja com o movimento #jamaissanselles (nunca sem elas) que pede para ser anulada toda reunião, palestra ou evento público sem participação feminina. O hashtag deve virar um label e foi co-criado pela brasileira Tatiana F-Salomon, que defendeu o movimento no dia 8 de março ao lado da ministra francesa das relações europeias, Nathalie Loiseau (foto).

GRÁFICA E EDITORA DR LTDA

  • Av. Monsenhor Mancini, 212 - Sala 1
    Centro - São Seb. do Paraíso, MG
    CEP: 37950-000
  • E-mail: jornalsudoeste@yahoo.com.br
  • Website: www.jornaldosudoeste.com.br
  • Telefone: (35) 3531.1897