PRISÕES

Polícia anuncia prisão de envolvidos nas explosões de bancos em Passos

Cinco homens estão presos e armas foram apreendidas no interior paulista após fuga dos ladrões de bancos

Por: Roberto Nogueira | Editoria: policia | 15/04/2018 | Visualizações: 7637

Várias armas foram apreendidas inclusive um fuzil 50 e Farta quantidade de material explosivo também foi apreendido pela polícia de São Paulo - Foto de Reprodução

O delegado de regional de Polícia Civil de Passos, Marcos Pimenta, anunciou na noite de sábado, 14, a prisão de cinco homens acusados de terem participado do assalto e explosões nas agências do Banco do Brasil e da Caixa Econômica Federal, na madrugada de quarta-feira, 14, naquela cidade. As prisões ocorreram três dias após a ação da quadrilha que teria fugido após confronto com policiais por ruas da cidade, fuga e perseguição pela região. Além do medo à população e destruição os criminosos teriam levado uma grande quantidade de dinheiro e jóias em valores ainda não quantificados.
As prisões ocorreram em Sumaré (SP) – região de Campinas (SP) - através de policiais do Departamento Estadual de Investigações Criminais, do Estado de São Paulo. As ações conjuntas das polícias Minas e de São Paulo já ocorriam desde o dia do crime. As investigações contam com apoio da PM e são desenvolvidas em conjunto pela Polícia Civil mineira e paulista, além da Polícia Federal que participa de algumas ações.
Além dos cinco bandidos acusados de terem participação no assalto também foram apreendido materiais como explosivos e munições utilizadas pela quadrilha nesta e também em outras ações criminosas. Foram recolhidas várias armas inclusive uma ponto 50 usada em Passos. A polícia não descarta a possibilidade de novas prisões já que as investigações e apurações continuam em andamento. Não foi divulgada nenhuma informação sobre a recuperação de jóias, do dinheiro ou parte dele. 
Marcos Pimenta comemorou os primeiros resultados das investigações e ressaltou os trabalhos dos policiais civis envolvidos na investigação, bem como a participação dos policiais militares que mesmo em menor número enfrentaram os bandidos na madrugada de 11 de abril. 
O delegado está no interior paulista neste domingo e deve acompanhar os novos desdobramentos do caso. Existe a possibilidade dos presos serem recambiados para Passos, onde foi cometido o último crime realizado pela mesma quadrilha, apesar de o grupo ser suspeito de ter participado de outras ações em diversas cidades do interior de Minas e São Paulo.

GRÁFICA E EDITORA DR LTDA

  • Av. Monsenhor Mancini, 212 - Sala 1
    Centro - São Seb. do Paraíso, MG
    CEP: 37950-000
  • E-mail: jornalsudoeste@yahoo.com.br
  • Website: www.jornaldosudoeste.com.br
  • Telefone: (35) 3531.1897