CIRURGIAS

Região terá R$ 5 milhões do Ministério da Saúde para realizar cirurgias eletivas

Por: Roberto Nogueira | Editoria: saude | 25/04/2018 | Visualizações: 317

Reunião de lideranças em Brasília confirma recursos para retomada das cirurgias eletivas na região - Foto de Reprodução

O Ministério da Saúde confirmou que irá disponibilizar a verba de R$ 5 milhões para a realização de seis mil cirurgias eletivas na região. O anúncio foi feito na quarta-feira,18, em Brasília, pelo agora ministro Gilberto Occhi em audiência com lideranças da região. O deputado federal Carlos Melles que intermediou o encontro disse que a medida é para regularizar a situação do setor em São Sebastião do Paraíso e Guaxupé e cidades do entorno que são servidos por seus respectivos consórcios.
Resultado das reivindicações das lideranças regionais, em fevereiro deste ano, quando da visita em São Sebastião do Paraíso, do então ministro da Saúde, Ricardo Barros, foi anunciado que o Governo liberaria R$ 5 milhões para o consórcio de municípios, que está sendo fortalecido, visando a realização de cirurgias eletivas. Naquela oportunidade Barros foi recebido em Paraíso por 12 prefeitos, vereadores, diretores hospitalares, secretários de saúde e lideranças regionais. “A nossa meta é elaborar uma rede interligada e informatizada onde o fluxo das cirurgias seja solicitado, programada e posteriormente realizada de forma ágil, transparente e eficiente. Garantindo ao paciente todo ciclo necessário para a realização da cirurgia desde a fase de consulta pré-operatório, consulta pré anestésica, procedimento cirúrgico e o consulta pós operatório”, anunciou.
Barros defendeu e apoiou a elaboração de um grande projeto de saúde pública em nível regional. A iniciativa visa o fortalecimento de um consórcio de municípios, com a missão de identificar a demanda reprimida da região a fim de gerar uma redução nas filas de espera por procedimentos cirúrgicos eletivos de média e alta complexidade. 
“Daremos autonomia ao gestor municipal para definição dos procedimentos cirúrgicos eletivos de média e alta complexidade a serem realizados, corresponsabilizando-os pelo controle e avaliação da execução destes procedimentos”, comentou na época o prefeito paraisense Walker Américo. O Consórcio tem a adesão de pelo menos 15 municípios da região. 
Durante audiência semana passada com o agora ministro da Saúde, Gilberto Occhi e com secretário de Atenção à Saúde, Francisco Figueiredo a proposta dos R$ 5 milhões para a região foi ratificada. Participaram da reunião os prefeitos Jarbinhas Correa (Guaxupé), Walker Américo (Paraíso) e o deputado Antonio Carlos Arantes. Também estavam presentes os vereadores Vinicio Scarano Pedroso e Paulo Cesar Souza (Tatuzinho), além de gestora em saúde Julieta Bruzadelli e o secretário municipal de Saúde de Paraíso, Wandilson Bicego. 
O deputado Melles disse que a proposta é eliminar as longas filas de espera formadas ao longo do tempo. Ele comemorou o resultado do encontro na capital federal demonstrando bastante otimismo para a melhora no atendimento à população regional. “Queremos colocar ordem na marcação de cirurgias, para que o cidadão possa fazer sua cirurgia ou exame com mais conforto, qualidade e agilidade”, finalizou.

GRÁFICA E EDITORA DR LTDA

  • Av. Monsenhor Mancini, 212 - Sala 1
    Centro - São Seb. do Paraíso, MG
    CEP: 37950-000
  • E-mail: jornalsudoeste@yahoo.com.br
  • Website: www.jornaldosudoeste.com.br
  • Telefone: (35) 3531.1897