CURTAS

CURTAS EDIÇÕES 2206

Por: Redação | Editoria: cidades | 26/05/2018 | Visualizações: 3100

- Foto de Reprodução

CERCO
Caminhoneiros mobilizados estão fechando o cerco contra motoristas fujões que tentam utilizar de vias alternativas para escapar dos bloqueios nas principais rodovias que cortam a região. Em Paraíso havia plantão ate ontem, sexta-feira, até na estrada da Noca que dá acesso a Capetinga, Franca e ao Triângulo Mineiro houve mobilização para impedir quem quisesse utilizar rota alternativa. O mesmo acontece na rodovia Pedro Cerize que vai para São Tomás e Franca. 


LIÇÃO
A paralisação dos caminhoneiros nesta semana foi uma grande lição à sociedade. Classe sofrida, de luta, mas que demonstrou um senso de união fora do comum. Enfrentando as mais diversas dificuldades, frio, fome e pressão de todos os lados, embora recebesse o apoio de parte da população sensibilizada com a causa, está levantando uma bandeira que defende os interesses da grande maioria das pessoas, embora, muita gente não reconheça e há até quem critique o movimento. 


DESABASTECIMENTO
Além dos postos de combustíveis, os supermercados, sacolões e até farmácias sentiram os efeitos da paralisação dos caminhoneiros. Diversos produtos já estão faltando nas prateleiras dos comércios efeito das retenções que ocorrem Brasil afora e por tantos caminhos. A previsão é de que com o prosseguimento do movimento a tendência é haver mais falta de produtos. Algumas padarias da cidade já anunciavam a falta de farinha, ovos e leite para produzir o pão nosso de cada dia. 


ADESÃO
Vários políticos se manifestaram a favor do movimento dos caminhoneiros. De vereador a prefeito, deputados e lideranças das mais diversas representações da classe política apoiam a paralisação. Mais do que palavras ditas nas redes sociais, das presenças nos locais de concentração, a maior manifestação de solidariedade foi das pessoas que fizeram doações de alimentos, agasalhos em prol daqueles que deixaram suas casas, famílias e foram passar dias e noites, madrugadas frias em defesa dos interesses gerais. 


EMERGENCIAIS
Assim como as prefeituras de toda a região, São Tomás de Aquino, Monte Santo de Minas, Jacuí, Passos e Guaxupé a de São Sebastião do Paraíso também anunciou através de comunicado oficial que em função da escassez de combustíveis foi necessário suspender vários serviços. A prioridade é atender as urgências emergências como o transporte de pacientes e também abastecer as viaturas da Guarda Municipal que ajudam na segurança. Por conta desta situação o transporte de estudantes universitários está suspenso desde quinta-feira. 


APROVEITADORES
Se por um lado a luta dos caminhoneiros causa admiração pela luta, coragem e dedicação, por outro, a indignação tem sido grande com alguns comerciantes, dentre eles alguns donos de postos de combustíveis que aproveitando da situação estão elevando demasiadamente o preço da gasolina e do álcool. Surgiram informações principalmente pelas redes sociais de estabelecimento que colocou o litro da gasolina a mais de R$ 5,00. Apesar do livre comércio ficou claro o abuso contra a economia popular. Quando a ganância fala mais alto ... 


COLETIVO
Pelo menos até neste fim de semana não houve alteração no transporte coletivo da cidade em virtude da reduzida oferta de diesel. A informação da empresa responsável pelo serviço era de que havia estoque suficiente para manter o atendimento sem alteração. Diferente do que se viu em outros lugares onde foi adotado esquema especial com ônibus coletivo rodando nos horários de domingo, com menos veículos em circulação e consequentemente, maio espaço de intervalo nas passagens entre os carros. 


NO ENTANTO
Já entre as empresas de ônibus intermunicipais até o momento há um ar de normalidade, mas tem rumores de que se persistir o movimento a partir de segunda poderá haver alterações nos horários.


SEGURANÇA
Em virtude de toda a situação vivida na cidade quem está começando a colocar as asas de fora para também aproveitar do policiamento reduzido e a bandidagem. No Distrito da Guardinha foram três estabelecimentos visitados pelos amigos do alheio. A comunidade sofre com a falta de efetivo e ainda mais numa situação desta a situação de vulnerabilidade e insegurança se torna maior ainda. Depois da porta arrombada não adianta colocar ferrolho. 


AUSENTE
Anunciado foi a presença de um representante do Governo de Minas Gerais na inauguração da quadra coberta na Escola Estadual Benedito Ferreira Calafiori no começo da semana. Convites foram entregues e lá estavam varias lideranças da comunidade para prestigiar o evento. No entanto, na hora H, o dito cujo não compareceu e nem sequer foi dada uma explicação para a ausência. Não fez falta, mas somente serve para mostrar a quantas anda o interesse do Governo do Estado por Paraíso e pela Educação. 


DESATIVADAS
Os Municípios com Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) e Unidades Básicas de Saúde (UBS) sem utilidade poderão usá-las para outras finalidades de saúde, sem ter de devolver os recursos recebidos. Decreto neste sentido foi publicado no Diário Oficial da União (DOU) da quarta-feira, 23. De acordo com dados do próprio Ministério da Saúde existem no país 1.127 estruturas de saúde construídas, que nunca foram usadas. Delas, 979 são UBS e 148 são UPAs. 


PELO MENOS DUAS
Apesar de a dívida dos Municípios pelo não uso das construções variar de acordo com o tamanho da unidade, o ministério estima que a devolução das prefeituras seria entre R$ 2,2 milhões e R$ 4 milhões por UPA. Já por UBS, o reembolso seria entre R$ 772 mil e R$ 1 milhão. Em Paraíso existem pelo menos duas unidades de saúde inacabadas. 


PÁ DE CAL
Pensava-se que o presidente Michel Temer tivesse mais jogo de cintura, politicamente falando. Seu pronunciamento na tarde de sexta-feira quando anunciou convocação de forças de segurança visando por fim ao movimento de paralisação dos caminhoneiros que tem conseguido a simpatia e adesão de vários setores, demonstrou, pelo contrário, desgastar ainda mais seu impopular e desaprovado mandato.

GRÁFICA E EDITORA DR LTDA

  • Av. Monsenhor Mancini, 212 - Sala 1
    Centro - São Seb. do Paraíso, MG
    CEP: 37950-000
  • E-mail: jornalsudoeste@yahoo.com.br
  • Website: www.jornaldosudoeste.com.br
  • Telefone: (35) 3531.1897