GILBERTO AMARAL

Gilberto Amaral

Por: Gilberto Amaral | Editoria: brasil | 13/06/2018 | Visualizações: 3644

- Foto de Reprodução

ELEIÇÕES
Eu já escrevi aqui duas ou três vezes que, com a bandalheira existente hoje no Brasil, não há a menor possibilidade de se realizar eleições gerais em outubro. A cegueira tomou conta das autoridades brasileiras, judiciárias, executivas e legislativas. Os militares estão calados, mas por dentro não suportam mais assistir essa desorganização governamental, que inclui até altas patentes militares.


Militares
Muita gente ainda torce o nariz quando se fala na necessidade de volta dos militares; os comunistas dizem que não se pode defender uma ditadura militar que matou tanta gente. Eles só sabem fazer conta contra os militares. Sempre esquecem o lado deles. Os comunistas assaltaram, sequestraram, torturaram, metralharam e assassinaram. Pense em gente ruim...


Democracia
Quem é verdadeiramente democrata não pode aprovar o que está rolando no Brasil da atualidade. Estamos vivendo a mais triste fase da história do país. É uma esculhambação geral. Se o bravo e inesquecível democrata Barbosa Lima Sobrinho ainda fosse vivo, agora ele morreria de vergonha e decepção. O que temos no Brasil de hoje não é democracia, é democracia corrupta, abominável.


Preocupação
Já que toquei nos militares, a maior preocupação deles é com o voto eletrônico. Eles acham que existe e já existiu roubalheira nessas máquinas. Tudo indica que a Procuradoria Geral da República é contra as eleições em cédulas individuais, que no interior se chamava marmita, porque juntava as cédulas desde o presidente da República até o juiz de Paz, que hoje nem existe mais. Essas pseudo-inteligências não viveram o que vivi. Sabem de nada.


Loucura
Ministro Luiz Fux vai passar a presidência do TSE para a ministra Rosa Weber. Como perguntar não ofende: será que eles já votaram alguma vez em meio a um caos como esse em que se encontra o Brasil atualmente? Definitivamente, eleição este ano é uma loucura! Por isso, sugiro aos ministros do TSE que pensem nisso e suspendam as eleições. Se houver, vai ser um desastre.


Vendaval
Pensem, raciocinem, recordem e reflitam sobre o que está acontecendo no Brasil e respondam sim ou não sobre a realização das eleições. No auge dos meus 84 anos já vi coisas na política que até Deus duvida. A responsabilidade fica por conta do povo, que sempre paga a conta e o pato. Os políticos, muitos analfabetos de pai e mãe, só sabem ficar nadando de braçada e enchendo os bolsos de dinheiro.


Indefinição
Faltando pouco mais de um mês para o prazo final das convenções dos partidos, os que já têm candidatos a presidente ainda não escolheram seus vice. Na verdade, estão em dificuldades porque falta gente de ficha limpa no mercado. Aliás, encontrar um ficha limpa para as eleições deste ano vai ser a coisa mais difícil do mundo. Os braços da corrupção são intermináveis.


Instável
Pessoalmente, sou contra a realização de eleições este ano Brasil. Mas, como não sou eu quem decide isso, fiz uma pequena e rápida enquete com dez pessoas num restaurante de Brasília: Dos candidatos que estão aí quem você acha mais instável e perigosos para governar o Brasil atual? Impressionante: oito pessoas apontaram Ciro Gomes, tido com o maior pavio curto. Deve ser o que pensa a maioria dos brasileiros. Talvez por isso ele não decola nas pesquisas.


Violência
Acabo de saber pelo Atlas da Violência 2018, divulgado pelo IPEA, que 62.517 mortes violentas foram contabilizadas no país em 2016, fazendo com que a barreira das 30 mortes por grupos de 100 mil habitantes tenha sido ultrapassada pela primeira vez no Brasil— o indicador atingiu 30,3. Ou três vezes o limite máximo de 10 assassinatos por 100 mil, aceito pela Organização Mundial de Saúde. Estamos governados pelo narcotráfico.


Cegos ou surdos
Será possível que ninguém está vendo a situação calamitosa e incontrolável por que passa a política desse país? A roubalheira foi tanta que estamos pra lá de quebrados. A Folha de S. Paulo que gosta tanto de realizar pesquisas políticas/eleitorais espantou-me, ontem, com mais uma. Surpresa maior foi a de que 45% dos entrevistados acreditam que as próximas eleições irão melhorar a política brasileira. Para 38%, os escolhidos serão iguais ou piores aos de hoje e 6% disseram que serão piores. “Uma andorinha só não faz verão”. Graças a Deus que eu vejo e escuto tudo.


MAIS EMPREGOS NO TURISMO
Pesquisa da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo aponta que o Centro-Oeste é destaque na geração de empregos no turismo. No primeiro quadrimestre de 2018, a região criou 3.349 empregos novos no setor. Só no Distrito Federal, foram mais de 1,4 mil.


Novo dirigente
O ministro Otávio Noronha (foto) foi eleito presidente do Superior Tribunal de Justiça, por aclamação. A sua posse está marcada para agosto. Também está previsto um jantar para o novo dirigente, que substitui a ministra Laurita Vaz, que esta coluna deu em primeira mão, assim como a eleição de Noronha.


Caixa
Existe uma repulsa muito grande contra o ex-ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, que está querendo vender o Brasil e, agora, por último, a Caixa Econômica Federal. Quem viver verá!


Campanha do cobertor
Para amenizar um pouco do frio que os pobres sentem, a coluna está fazendo uma campanha de arrecadação de cobertores. Os que puderem ajudar com um, dois ou mais, favor enviar para a LBV, na 915 Sul, em Brasília. 


Soroptimistas
A médica Maria Luiza Mathias de Souza (foto) assumirá no dia 26 próximo, em solenidade na Embaixada de Portugal, a presidência do Clube Soroptimista de Brasília. Substituirá Maria José Santana. O maior objetivo da entidade é dar atenção às meninas entre 10 e 18 anos em situação de risco, como gravidez prematura, doenças etc.


Ordem do Mérito
Título Pro Ecclesia et Fide se destina a personalidades que contribuíram com a fé cristã e com a sociedade
A Igreja Batista Central de Brasília homenageou o governador Rodrigo Rollemberg e cerca de 80 personalidades, inclusive este colunista (foto), com a entrega da ordem do mérito Pró Ecclesia et Fide.
Rollemberg recebeu a condecoração do presidente da Igreja Batista Central de Brasília, pastor Ricardo Espínola que comandou a cerimônia, na sede do templo, na 603 Sul.

GRÁFICA E EDITORA DR LTDA

  • Av. Monsenhor Mancini, 212 - Sala 1
    Centro - São Seb. do Paraíso, MG
    CEP: 37950-000
  • E-mail: jornalsudoeste@yahoo.com.br
  • Website: www.jornaldosudoeste.com.br
  • Telefone: (35) 3531.1897