CURTAS

CURTAS EDIÇÕES 2211

Por: Redação | Editoria: cidades | 17/06/2018 | Visualizações: 2676

- Foto de Reprodução

COPA
Aos poucos o clima da Copa do Mundo vai contagiando os torcedores paraisenses após o início dos jogos na quinta-feira. Ainda timidamente é possível serem vistos torcedores com a camisa verde amarela em vários pontos da cidade. Veículos com bandeiras, sacadas de casas e vitrines de comércios enfeitados já mostram a nova realidade. O termômetro vai ser mesmo no domingo, após o primeiro jogo contra a Croácia. Se ganhar o clima pode esquentar. Um empate ou resultado negativo que seja vai ser mais um balde de água fria na tímida torcida paraisense. É ver e conferir. 


LIDERANÇA
Apesar dos pesares ficou claro que mesmo com as dificuldades de operação do aterro sanitário, Paraíso está na frente de outras cidades da região. Esta situação ficou bastante evidenciada nos pronunciamentos de lideranças de outros municípios durante a realização de Workshop sobre resíduos sólidos realizado na quinta-eira, no Teatro Municipal. A cidade lidera a formação do consórcio para o setor e busca alternativas para a correta destinação do que é gerado nas casas de cada cidadão. Quem é do meio sabe da importância e o valor do trabalho que está sendo realizado.


ELOGIOS
Reconhecidamente a situação de Paraíso não é aquele caos. Em um olhar diferenciado, de quem viaja por Minas a fora, a engenheira civil e Gerente de Resíduos Sólidos Urbanos da Fundação Estadual do Meio Ambiente (Feam) teceu elogios para a limpeza da cidade por onde ela passou. Opinião semelhante foi compartilhada pela diretora executiva da Associação dos Municípios do Médio Rio Grande, Nydia Rezende. 


UNIÃO
Cerca de 20 prefeitos da região foram convidados a conhecer  a unidade do Senai de Paraíso. Eles ficaram encantados com o que viram. A intenção é somar esforços entre as prefeituras para que seja viabilizada a vinda de estudantes e trabalhadores para serem capacitados no local. No discurso foi pregado com bastante intensidade que os prefeitos estarão unidos em mais esta empreitada em prol da geração de emprego e renda na região. Na prática Paraíso e Fortaleza de Minas  são as prefeituras que já estão atuando nesta parceria. O órgão trabalha sob demanda e tem vários cursos a oferecer, chancelando os formandos na busca do emprego.


GUARDINHA
Anunciado foi que a Prefeitura por meio da Secretaria de Obras esteve nesta semana realizando alguns serviços para a comunidade de Guardinha. O prefeito Walkinho também passou por lá para acompanhar o início de algumas obras de infraestrutura como patrolamento e colocação de cascalho em algumas ruas do Distrito. Pelo que foi divulgado também serão feitas guias e sarjetas possibilitando o calçamento ou pavimentação e também que os moradores construam suas calçadas. Eis que surge uma luz ao fim do túnel. Vamos conferir.


VACINAÇÃO
A campanha de imunização contra o vírus da gripe H1N1  foi prorrogada mais uma vez e agora a expectativa é de ela termine na próxima sexta-feira, 22. O Ministério da Saúde alongou os trabalhos por mais uma semana por causa da baixa cobertura em todo o país. Em Paraíso os índices haviam ultrapassado a casa dos 75%, mas existe uma parcela da população que ainda está resistindo.  Se você faz parte do público alvo da campanha procure a sala de vacinação mais próxima de sua casa. Vacine-se! Pode ser na Posto de Puericultura, ou nas USF’s SãoJudas, Vila Formosa, São Pedro e na Guardinha.


REPERCUTIU
Um pronunciamento do deputado estadual Antonio Carlos Arantes, na Assembleia Legislativa de Minas Gerais, chamou a atenção e ganhou repercussão na mídia da capital. O parlamentar protestou contra a intenção do governador do PT, Fernando Pimentel, de criar dois parques estaduais sem ter dinheiro para indenizar produtores, donos das terras. Arantes alerta que a questão não é só criar parques, mas ter orçamento para fazê-lo. Ele defende que o direito de propriedade deve ser respeitado antes de tudo. Principalmente, pelo Estado. Os produtores, donos dessas terras, estão apreensivos porque essa decisão afeta centenas de famílias de oito municípios. 


POSICIONAMENTO
Arantes deixa claro que não é contra a criação de parques ambientais. Pelo contrário: ele apoia, mas não concorda com o fato do Governo do Estado não indenizar os donos das terras onde os parques serão construídos. E isso certamente acontecerá porque, se o governo Pimentel não tem dinheiro para pagar os salários dos servidores, ou comprar medicamentos, ou muito menos pagar os hospitais do Estado, como ele vai ter dinheiro para indenizar os donos das áreas desapropriadas? Isso sem contar o calote de quase R$ 5,7 bilhões que ele dá aos municípios só na área da saúde.


CALENDÁRIO
A partir de 30 de junho, é vedada às emissoras de televisão e de rádio, a transmissão de programas apresentados ou comentados por pré-candidatos. Já está valendo desde o dia 5 deste mês o prazo na qual um pré-candidato pode dar início à campanha intrapartidária, a fim de ser escolhido como candidato às eleições pelo seu partido. O uso de redes de TV e rádio é proibido. A realização dessa campanha que só deve acontecer nos 15 dias anteriores à data escolhida pelo partido para a escolha dos seus candidatos.


SUSPENSA
A Escola Estadual Dr. Tancredo de Almeida Neves, em São Tomás de Aquino, teve as aulas suspensas na sexta-feira,15, em função do atraso no pagamento dos salários dos professores da rede estadual de ensino. A classe está cumprindo com o prometido conforme fora anunciado pelo Sindicato Único dos Trabalhadores do Ensino de Minas Gerais. A categoria decidiu, diante do descumprimento contínuo do pagamento dos salários no 5º dia útil o que está ocasionando graves prejuízos de difícil reparação por se tratar de verba alimentar, pela paralisação total das atividades da educação no Estado de Minas Gerais, a desde o dia  11 de junho de 2018, até o Governo do Estado de Minas Gerais  efetuar o pagamento da primeira parcela dos salários.


QUEBRA-GALHO
Desde meados da semana chamou a atenção em alguns locais de Paraíso o corte de árvores feito por funcionários de empresa contratada pela CEMIG. É bem verdade que galhos não podem atingir a rede elétrica, mas espera-se que seja adotado um critério de estética e cuidado na poda a ser realizada. O cenário que pode ser visto não é nada agradável. Feio e preocupante, algo a ser analisado. Em boa hora a Secretaria municipal de Meio Ambiente entrou em contato com a CEMIG, e houve suspensão do serviço.

GRÁFICA E EDITORA DR LTDA

  • Av. Monsenhor Mancini, 212 - Sala 1
    Centro - São Seb. do Paraíso, MG
    CEP: 37950-000
  • E-mail: jornalsudoeste@yahoo.com.br
  • Website: www.jornaldosudoeste.com.br
  • Telefone: (35) 3531.1897