Cresce a expectativa da torcida paraisense na copa da Rússia

Por: Roberto Nogueira | Editoria: acidente | 27/06/2018 | Visualizações: 2517

Crianças também se envolvem com projeto educacional sobre a copa - Foto de Reprodução

À medida que os jogos da Copa do Mundo de Futebol vão sendo realizados e mesmo o Brasil não fazendo uma campanha de encher os olhos, aos poucos os torcedores paraisenses vão aderindo cada vez mais aos jogos. O assunto já é um dos temas mais comentados nas ruas, nos comércios e nas rodinhas entre as pessoas. Também nas escolas um trabalho desenvolvido na Escola Municipal Noraldino Lima tem movimentado a criançada. 
Se até 10 dias atrás era tímida a adesão dos torcedores locais em relação ao mundial de futebol, iniciados os jogos e passado mais de uma semana da disputa a competição vem chamando a atenção em quem está em casa, na porta dos comércios e por vários os cantos da cidade. Na sexta-feira, 22, enquanto o Brasil jogava contra a Croácia as ruas da cidade ficaram desertas, com todas as pessoas reunidas nas casas para acompanhar a partida. “Chega na hora a gente acaba parando para ver porque tudo para mesmo e nada funciona”, diz o vendedor Rogério Pereira.
O estudante universitário Henrique Macedo diz que tem assistido aos jogos diariamente. “A gente que é fanático por futebol acaba se envolvendo mais. É uma disputa que só acontece a cada quatro anos, não tem como passar batido”, afirma. Perguntado sobre o futuro do Brasil e se a seleção classifica às oitavas de final a resposta é precisa. “Não tenho dúvidas vai dar Brasil contra a Sérvia por 3 a 1”, palpita. 
E também entre a torcida feminina os jogos têm chamado a atenção. “Tem muito jogador bonito, por isso que gosto de ver” comenta a auxiliar de produção Daniela Silveira. Por outro lado a balconista e atendente Maria Regina Siqueira afirma que não entende muito de futebol, mas por ser jogo de copa acaba se reunindo com a família para torcer. “Em casa acabam juntando os irmãos, as cunhadas os amigos e eu fico na torcida, por fim vira festa, ganhando, empatando ou perdendo”, relata. Ambas afirmam que o Brasil vai vencer hoje a Sérvia. Daniela aposta em 3 a 2 e Regina é otimista fala na goleada por 4 a 1. 


NA ESCOLA 
Os professores resolveram levar a Copa do Mundo para dentro da Escola Municipal Noraldino Lima, envolvendo os 415 alunos do 1º ao 5º ano. Utilizando do tema, eles estimularam as crianças na produção de trabalhos que foram apresentados ontem e hoje no pátio da escola, coordenados pelos professores de Educação Física, Murilo Pessoni e Luciane Dizaró. De acordo com o Murilo, a intenção é situar os alunos no evento mais importante do mundo esportivo e abordar várias disciplinas. 
As crianças pesquisaram sobre a Rússia, o país que sedia os jogos, sua cultura e curiosidades, a capital, localização no mapa, entre outras informações. Com relação à Copa, eles confeccionaram bandeiras dos países participantes, pesquisaram sobre o mascote e suas origens, sobre o número de jogadores em cada time, os títulos já conquistados pelo Brasil e cantaram o Hino Nacional na apresentação da seleção mirim, que foi formada pelos alunos, dando uma lição de patriotismo. 
“A Copa do Mundo é um tema que atrai todo mundo e deixa as crianças eufóricas. Com este projeto, eles aprendem muito enquanto torcem para a nossa seleção rumo ao hexacampeonato”, enfatiza o professor.

GRÁFICA E EDITORA DR LTDA

  • Av. Monsenhor Mancini, 212 - Sala 1
    Centro - São Seb. do Paraíso, MG
    CEP: 37950-000
  • E-mail: jornalsudoeste@yahoo.com.br
  • Website: www.jornaldosudoeste.com.br
  • Telefone: (35) 3531.1897