POLE POSITION

Da França para a Áustria

Por: Sérgio Magalhães | Editoria: esporte | 01/07/2018 | Visualizações: 1614

Mercedes estreia extenso pacote de atualizações nos carros de Hamilton e Bottas na Áustria - Foto de Getty Images

A volta da França ao calendário da Fórmula 1 contabilizou um público de 165 mil pessoas, nos três dias, que sofreram para chegar ao Circuito de Paul Ricard pelas poucas e estreitas vias de acesso. Mesmo assim os franceses estavam felizes em ver uma corrida em seu território depois de tantos anos – a última em 2008, em Magny Cours. 
Na pista os pilotos da casa não corresponderam. Dois deles (Pierre Gasly e Esteban Ocon) bateram na primeira volta e Ocon, por sua vez, chamou o outro piloto local, Romain Grosjean, de “idiota” na TV francesa por ter levado uma fechada na largada.
Mas o lance da corrida foi o erro de Sebastian Vettel que calculou mal o ponto de freada da primeira curva e acertou a traseira da Mercedes de Valtteri Bottas, comprometendo a corrida do finlandês que largou da segunda posição e só conseguiu terminar em 7º. Vettel por sua vez também saiu prejudicado, mas se recuperou e terminou duas posições a frente de Bottas, mesmo cumprindo uma penalidade de 5 segundos pela batida. São coisas de corrida, mas talvez seja hora de a Federação Internacional de Automobilismo rever o critério de punições para esse tipo de incidente já que o causador do strick acabou sendo menos prejudicado que a própria vítima.
O erro de Vettel foi a deixa que Max Verstappen queria para alfinetar os jornalistas: “Quando vocês encontrarem com Sebastian, perguntem se ele precisa mudar o estilo de pilotagem(!)”, referindo-se à saraivada de críticas que recebeu no começo da temporada por uma série de erros que cometeu nas cinco primeiras corridas do ano.
Sem ter quem o ameaçasse, Lewis Hamilton imprimiu velocidade de cruzeiro e venceu fácil o GP da França. De quebra, reassumiu a liderança do campeonato, agora com 14 pontos de vantagem sobre Vettel (145 a 131). 
A Fórmula 1 engrenou uma sequência inédita de quatro corridas nos próximos 5 domingos, começando amanhã com o GP da Áustria no Circuito Red Bull Ring. E tudo isso em plena Copa do Mundo. Mas tem explicação: O campeonato deste ano é o mais longo de todos os tempos, com 21 etapas, e para encaixá-las sem interferir nas férias de agosto, foi preciso sacrificar não só as equipes como também os jornalistas que acompanham as corridas in loco. E se não bastasse, está nos planos da Liberty Media, dona dos direitos comerciais da Fórmula 1, expandir o calendário para 25 corridas nos próximos anos. Não vejo isso com bons olhos. Acho exagero, mas... segue a corrida.
Para este final de semana a Pirelli disponibilizou pneus dos mesmos tipos usados na França, macios, supermacios e ultramacios, mas de fabricação normal. Em Paul Ricard os compostos tinham as mesmas especificações dos usados na Espanha, com a espessura da banda de rodagem 0,4 milímetros mais fina para evitar superaquecimento devido às características do asfalto dessas pistas. Tanto lá, como na semana passada, os carros da Mercedes se deram muito bem com esses pneus, ao passo que a Ferrari sofreu com eles na Espanha, mas teve desempenho melhor no domingo passado. Essa mesma especificação ainda será usada no GP da Inglaterra, semana que vem.
Como escrevi na coluna da semana passada, são essas variações de tipos e comportamento de pneus, mais as condições de temperatura do asfalto que tem mudado a relação de força entre as três primeiras equipes da Fórmula 1, que já foi da Ferrari, da Mercedes, da Red Bull, voltou para a Ferrari e agora está novamente com a Mercedes. E isso tem tornado o campeonato imprevisível, com várias mudanças de líderes na tabela de classificação.
Mas é bom ficar de olho no que a Mercedes pode fazer daqui pra frente. Na França a equipe estreou uma nova versão de motor, e trouxe para a Áustria um extenso pacote de atualizações do modelo W09 de Hamilton e Bottas. A Ferrari que se cuide agora. 
O GP da Áustria tem largada às 10h10, ao vivo no SporTV e pela Rádio Trânsito, do Grupo Band de Rádio.

GRÁFICA E EDITORA DR LTDA

  • Av. Monsenhor Mancini, 212 - Sala 1
    Centro - São Seb. do Paraíso, MG
    CEP: 37950-000
  • E-mail: jornalsudoeste@yahoo.com.br
  • Website: www.jornaldosudoeste.com.br
  • Telefone: (35) 3531.1897