CURTAS

CURTAS EDIÇÕES 2216

Por: Redação | Editoria: cidades | 04/07/2018 | Visualizações: 869

- Foto de Reprodução

VISITA
São Sebastião do Paraíso recebeu nesta terça-feira a visita de Romeu Zema Neto, pré-candidato ao Governo de Minas Gerais pelo Partido Novo. O empresário e político foi recepcionado por representantes do partido na cidade. Pela manhã ele visitou o Jornal do Sudoeste onde foi recebido pelo diretor Nelson Duarte. Em seguida  dirigiu-se para a Associação Comercial onde esteve com o presidente Ailton Rocha de Sillos e ao meio dia ele esteve na Prefeitura e durante sua passagem também esteve na Câmara Municipal onde esteve acompanhado de três pré-candidatos a deputado.   


REGIÃO
Além de Paraíso, na segunda-feira Romeu Zema esteve em Guaxupé onde conheceu as instalações da Cooperativa de Café, a Cooxupé. Também no período da tarde e início da noite, ele dirigiu-se para Passos onde também esteve reunido com outras lideranças daquela cidade. Outro local por ele visitado em sua peregrinação pelo no Sul de Minas foi Poços de Caldas. Administrador de empresas Romeu Zema é natural de Araxá.


CARREIRA
Ao deixar o cargo de executivo da empresa, em 2016, conseguiu mais tempo para pensar no país. Ele recebeu bem o convite do  Novo, agremiação fundada em 2011 e que se apresenta como alternativa aos demais partidos políticos. O Novo é contra coligações, não usa recursos do Fundo Partidário e não permite a reeleição mais de uma vez para o mesmo cargo. Para se candidatar, o pretendente tem de ser aprovado em um processo seletivo. O partido defende ainda menor atuação do Estado.


EM MINAS
Atualmente, em Minas Gerais, cerca de 1,1 mil filiados contribuem mensalmente com o valor de 28,23 reais para manter o Novo. No Facebook, quase 1,4 milhão pessoas curtiu a página oficial, número maior que de partidos tradicionais como PT e PSDB. Romeu diz se sentir no dever de contribuir com o partido. “Tenho noção de que a minha chance é pequena, mas estamos propondo uma ideia completamente oposta do que vemos na política. Podemos trazer um número maior de deputados estaduais e federais, além de divulgar as práticas do partido”, é uma das ideias que defende.


NÃO SÃO REIS
Conforme disse Romeu Zema, sendo eleito, uma de suas primeiras providências será transformar o Palácio das Mangabeiras, residência oficial do governador do Estado de Minas Gerais em “Museu das Mordomias”. No Brasil criaram a ideia de que governadores e presidentes da República têm que morar em palácios, gerando despesas de dezenas de milhões de reais. Não são reis nem rainha, tem que morar em suas casas, como todo cidadão comum, criticou, ao dizer que irá adotar esta prática. Abomino privilégios, disse.


SEM EDUCAÇÃO
Não bastasse complicar a vida dos professores da rede estadual, daqueles que fortemente contribuíram para o eleger, o agora governador Fernando Pimentel está complicando a vida dos professores e trabalhadores do ensino da rede municipal nas cidades do interior. O não repasse dos recursos do Fundeb está complicando a vida não só dos prefeitos como também de quem trabalha no setor. Sem recursos, não há como fazer o pagamento e sem receber os funcionários ficam com suas vidas comprometidas. 


EM DIA
Em Paraíso, os funcionários municipais da Educação, são os que têm o privilégio de receber seus vencimentos religiosamente em dia. Como a verba do Fundeb é carimbada para a Educação e parte dele é destinada ao pagamento dos servidores, não havia problemas quando os repasses são feitos nas datas certas. Agora com a farra promovida pelo governo do Estado, o que antes era considerado em dia, está se tornando uma grande dor de cabeça aos gestores e servidores. Ele faz jus ao ditado de que nada do que está ruim, não possa ficar pior. E pela falta de compromisso do Estado com os municípios, perueiros que prestam serviço no transporte escolar também estão sendo prejudicados.


SEM DATA
A assessoria de comunicação do Ministério Público de Minas Gerais informou ao Jornal do Sudoeste que não há data para inauguração oficial da nova sede em São Sebastião do Paraíso. Trata-se de uma daquelas novelas que se arrasta por algum tempo e já se vão alguns anos. Finalmente a obra foi concluída e passou a ser utilizada nesta semana por todas as Promotorias da comarca, em frente ao novo fórum, no Jardim Mediterranèe. Tudo indica que em função do ano eleitoral, a inauguração oficial das instalações deverá ficar para o final deste ano ou o início de 2019. A construção foi iniciada praticamente na mesma época em que teve início as obras da nova sede da Câmara, também em funcionamento. 


GASTOS
O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) divulgou os tetos de gastos de campanha eleitoral por cargo eletivo e os limites quantitativos para contratação de pessoal a serviço das campanhas nas Eleições 2018. Os tetos de gastos de campanha para os cargos de presidente da República, deputado federal e deputado estadual/distrital foram fixados em valores absolutos pela última reforma eleitoral promovida pela Lei nº 13.488, de 6 de outubro de 2017. Os maiores limites estão previstos para o cargo de presidente da República, sendo de R$ 70 milhões para o primeiro turno das eleições, com acréscimo de R$ 35 milhões na hipótese de realização de segundo turno.


DEMAIS CARGOS
Nas campanhas para o cargo de deputado federal, foi fixado o teto de gastos de R$ 2,5 milhões. E, no caso dos candidatos a deputado estadual ou distrital, o valor máximo a ser gasto é de R$ 1 milhão. Já para os cargos de governador de Estado e do Distrito Federal e de senador da República, os limites de gastos vão variar de acordo com o eleitorado da respectiva unidade da Federação. Por exemplo, nos estados com até um milhão de eleitores, as campanhas para o governo estadual devem respeitar o teto de R$ 2,8 milhões.


CORAÇÃO E ONCOLOGIA
Alguns setores em Passos insistem em não reconhecer acordo de cavalheiros feitos tempos atrás no tocante ao setor da saúde, ou seja, o empenho para se fortalecer o Hospital do Câncer em Passos que presta relevantes serviços à região, enquanto de igual maneira se fortaleceria o Hospital do Coração, da Santa Casa de São Sebastião do Paraíso. Para o credenciamento do HCOr foi uma peleja intensa, pois setores passenses tentaram deixar o dito, pelo não dito. Cada qual cumprindo sua finalidade, estão caminhando, mas não é que na última semana houve nova investida?


INVESTIDA
Em ofício datado no dia 26 de junho o secretário municipal de Saúde de Passos, Carlos Eduardo Colorado dirigiu-se aos gestores da Região de Saúde Passos/Piumhi, com alguns “considerandos”, para ao final solicitar seus posicionamentos “quanto ao remanejamento dos recursos alocados em São Sebastião do Paraíso para Passos” no setor de cardiologia. Pelo que esta coluna apurou, algo em torno de R$ 800 mil por ano. Solicitou ainda seus posicionamentos fossem encaminhados no dia seguinte. Ontem houve reunião de gestores, quando o assunto foi tratado. Por hora ainda não ficou como Colorado pretendia. Nesta quinta-feira, haverá nova reunião para passar a questão a limpo.

GRÁFICA E EDITORA DR LTDA

  • Av. Monsenhor Mancini, 212 - Sala 1
    Centro - São Seb. do Paraíso, MG
    CEP: 37950-000
  • E-mail: jornalsudoeste@yahoo.com.br
  • Website: www.jornaldosudoeste.com.br
  • Telefone: (35) 3531.1897