CANASTRA RIDE

Eliana Oliveira supera limites e vence 6ª edição do Canastra Ride

Por: João Oliveira | Editoria: esporte | 04/08/2018 | Visualizações: 5052

Paraisense Eliana Oliveira foi a grande campeã - Foto de Reprodução

A atleta paraisense Eliana Oliveira foi a grande campeã em sua categoria na 6ª edição do Canastra Ride, disputado na Serra da Canastra, em São João Batista do Glória. A atleta, que conseguiu ficar em primeiro nos dois dias de competição, superou todos os seus limites para chegar ao topo do pódio após cinco anos desde sua primeira vitória no evento. Eliana já havia obtido o êxito em 2013, quando inaugurou a competição neste que é considerado um dos percursos mais difíceis pelos atletas.
Participaram cerca de 500 atletas que fizeram ao todo um percurso de 120 quilômetros: 65 no primeiro dia e 55 no segundo. A altimetria acumulada beirou os três mil metros de altitude e foi um dos maiores desafios para os atletas. É o que destaca a campeã paraisense Eliana Oliveira. "Havia muita subida, muita parte técnica que eu não dominava, mas consegui prevalecer", destaca.
O primeiro desafio surgiu nos primeiros 20 quilômetros de prova, quando o pneu de sua bike furou e ela precisou parar e realizar a troca. "Eu estava a uns três minutos a frente da segunda colocada. Mantive a calma, fiz a troca do pneu, mas neste meio tempo duas pessoas me passaram. Eu disse a mim mesma para manter a calma e que ninguém era melhor que eu em um percurso de subida. Nos 10 primeiros quilômetros consegui alcançar uma competidora e faltando 5 para concluir a prova alcancei a outra. Ela ficou um minuto atrás de mim", destaca.
Conforme a atleta, foram mais de 40 quilômetros pedalando sozinha contra o vento. "Geralmente quando você está em grupo, isso quebra um pouco o vento e você economiza um pouco de energia. Usei a estratégia de manter o ritmo na subida e permanecer um ritmo bacana na reta. Essa diferença de seis minutos durante a troca do pneu eu busquei durante a subida. No segundo dia, a atleta estava a um minuto de diferença de mim, mas mantive a mesma tática e no final acabou que houve uma diferença de 13 minutos e apesar de termos errado o caminho, obtive a vitória", ressalta.
Eliana começou a competir profissionalmente em 2012, incentivada pelo ciclista paraisense Carlos Alberto Ribeiro, o Carlinhos da Radical Bike, que faleceu em 2016 em um acidente. Em 2013 ela participou do campeonato brasileiro da categoria, ficando em 7º lugar. "Eu o admirava muito. Na região eu sempre conseguia me destacar e sempre muito incentivada por ele, com aquela garra toda e dedicação que ele tinha pelo esporte. Isso fez com que eu me apaixonasse pelo ciclismo. 
No Canastra Ride, Eliana foi campeã em 2013, e entre 2014 a 2016, obteve o segundo lugar. "Minha busca era pelo primeiro lugar, porque o nível dos atletas começou a aumentar e, em 2017, para dificultar, a prova passou a ser disputada em dois dias e eu nunca havia participado em um campeonato assim. Naquele ano, no primeiro dia não me saí muito bem, cai da bike e de terceiro lugar passei para sexto, já no segundo dia eu consegui o segundo lugar, dois minutos atrás do primeiro. Na somatória de tempo, do 6º cai para o 4º lugar no pódio. Mas agora voltei com tudo", comemora a atleta.
Eliana conta que o próximo passo é o Desafio das Cachoeiras, um percurso de 100 quilômetros próximo a Cajuru, no dia 26 de agosto. "Neste ano, o grande campeonato do ciclismo foi o Canastra Ride. Há também, no próximo dia 19, o Pedal Mineiro, onde também irei participar. O Desafio das Cachoeiras também deve reunir competidores de alto nível", completa.

GRÁFICA E EDITORA DR LTDA

  • Av. Monsenhor Mancini, 212 - Sala 1
    Centro - São Seb. do Paraíso, MG
    CEP: 37950-000
  • E-mail: jornalsudoeste@yahoo.com.br
  • Website: www.jornaldosudoeste.com.br
  • Telefone: (35) 3531.1897