CURTAS

CURTAS EDIÇÕES 2089

Por: Redação | Editoria: cidades | 05/04/2017 | Visualizações: 381

-

FARPAS
Mesmo com os ares amenos do outono, o clima esquentou na noite de segunda-feira,3, pelos lados do Jardim Mediterranèe,  leia-se, Câmara Municipal de São Sebastião do Paraíso. Os vereadores Marcelo Morais e Jerônimo Aparecido Silva trocaram algumas farpas, após notícia divulgada pelo Jornal do Sudoeste, sobre gastos com a construção do estacionamento e de um minipalco na nova sede do Legislativo. Jerominho requereu cópia do relatório encaminhado por Marcelo Morais à 5.ª Promotoria do Ministério Público. Marcelo estranhou os termos empregados no requerimento.
SABATINA
O secretário Municipal de Segurança Pública, Trânsito, Transportes e Defesa Civil, Miguel Félix de Souza, passou por uma verdadeira sabatina na sessão ordinária da Câmara na segunda-feira. Ele falou sobre a situação da área azul que está sendo revitalizada. Respondeu sobre o processo de municipalização do trânsito e da implantação da JARI. Há muito pela frente e os defensores daqueles que transgridem a lei estão prá lá de preocupados. Basta obedecer a legislação, a sinalização e andar dentro da regra, não há o que temer. 
AGRADECIMENTO
O deputado federal Carlos Melles recebeu agradecimento da Santa Casa de Passos. O parlamentar foi responsável pela destinação de mais uma verba para a instituição que reúne a Santa Casa e o HRC (Hospital do Câncer). O valor destinado foi de R$ 150 mil. Melles é apontado pela instituição como um tradicional colaborador com recursos de grande valor destinados para iniciar e apoiar a construção do Complexo Materno Infantil e para o Hospital do Câncer. É ajudando que se é ajudado.
NO LAGO
Já o deputado estadual Antônio Carlos Arantes voltou a alertar sobre o baixo volume das águas no Lago de Furnas. Durante discurso realizado para uma plateia formada por prefeitos, vereadores e lideranças que formam a Associação dos Municípios do Lago de Furnas (Alago), da qual participou o deputado Carlos Melles, Arantes falou de sua preocupação. Ele disse ter constatado que o nível da água no lago vem baixando dia após dia. Preocupado, enviou ofícios questionando a empresa Furnas Centrais Elétricas S/A e também órgãos federais, como a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). A reunião comemorou os 24 anos da associação, na sexta feira, 31 de março, na cidade de Capitólio.
EM EXECUÇÃO
Moradores e usuários do trânsito em várias regiões de Paraíso já começam a sentir os efeitos da operação tapa-buracos que está sendo executado pela Prefeitura nas ruas de São Sebastião do Paraíso. Após a conclusão do processo de licitação para o fornecimento de massa asfáltica o serviço vem sendo realizado por equipes da Secretaria Municipal de Obras. Com utilização de equipamentos e acessórios mais adequados tem sido notada a realização de um serviço de melhor qualidade, do que simples paliativo que vinha sendo feito. 
ILUMINAÇÃO
Para os próximos dias a expectativa é de que o mesmo, ou seja, com brevidade os reparos no setor de iluminação pública também comecem a serem realizados na cidade. O processo de licitação está em sua fase final e logo será confirmado o nome da empresa prestadora de serviço que será a responsável pela manutenção e troca das lâmpadas em Paraíso. A promessa é de que em dois ou três dias de serviço a situação seja restabelecida. A população aguarda ansiosa e confiante. 
AUDIÊNCIA PÚBLICA
O atraso nas obras da MG-050, que liga Belo Horizonte a São Sebastião do Paraíso (Sul de Minas), é tema de dois requerimentos de audiência pública aprovados pela Comissão de Desenvolvimento Econômico da Assembleia Legislativa na reunião de ontem, terça-feira, 4 de abril. Os parlamentares ressaltam que a concessionária AB Nascentes das Gerais, apesar de não respeitar o cronograma de obras previsto no contrato de parceria público-privada (PPP) celebrado com o Governo do Estado, já iniciou a cobrança de pedágio, situação que já ocorre há quase 10 anos. Os deputados estão irritados porque a Concessionária responsável por trecho da rodovia não cumpre cronograma de obras.
RADARES
Enquanto isto a Concessionária anuncia que estão entrando em operação alguns radares instalados na MG050. Contudo, os equipamentos colocados em funcionamento estão localizados entre o km 90 e 138. Já os que estão próximos a São Sebastião do Paraíso inclusive aqueles que ficam na BR-491, próximo a entrada do bairro João XXIII e do Alto Bela Vista, além dos aparelhos instalados na saída para Ribeirão Preto na BR-265 e aquele próximo ao Posto da Polícia Rodoviária, na MG050 devem começar a operar nas próximas etapas do programa realizado em conjunto com o DER/MG e a Concessionária Nascentes das Gerais. Questão de mais algumas semanas. 
TÍTULO DE ELEITOR
Os eleitores que não votaram e não justificaram a ausência às urnas nos três últimos pleitos têm menos de um mês para regularizar a sua situação, sob pena de cancelamento do título. O prazo termina no dia 2 de maio e o movimento de eleitores para essa finalidade tem sido muito pequeno nos cartórios. Somente em Paraíso são 931 eleitores que estão na condição de ter o documento cancelado. Em Minas Gerais, 175.020 eleitores – 1,11% do eleitorado do Estado – estavam em situação irregular no início do período para regularização,em fevereiro. 
COMO REGULARIZAR
O eleitor deve procurar o posto de atendimento da Justiça Eleitoral mais próximo de sua residência, levando documento de identidade com foto, título e comprovantes de votação, de justificativa e de recolhimento de multa. A Guia de Recolhimento da União (GRU) está disponível no portal do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Confira os endereços de atendimento da Justiça Eleitoral em todo o Estado. A Justiça Eleitoral não fará nenhum tipo de notificação ao eleitor em situação irregular, devendo ele mesmo se inteirar da situação de sua inscrição eleitoral.
ERRAMOS
Na matéria publicada na edição de domingo (1/4) “Presidente da Câmara apresenta relatório ao MP e questiona valores gastos na obra”, involuntariamente alguns valores foram grafados equivocadamente pelo pedimos desculpas e fazemos a devida correção. Onde consta “Não existe justificativa para o estacionamento e nem para o palco. O que era inicial de R$ 4 milhões está R$ 200 milhões acima”, deveria ter constado está R$ 2,5 milhões acima.
SOM E MOBILIÁRIO
Onde consta que entre o mobiliário e outros acabamentos houve gasto de quase R$ 900 o correto é R$ 900 mil. As cadeiras do plenário na realidade ficaram R$ 830, cada uma conforme relatório entregue pelo vereador presidente Marcelo Morais à 5.ª Promotoria do Ministério Público da comarca.

GRÁFICA E EDITORA DR LTDA

  • Av. Monsenhor Mancini, 212 - Sala 1
    Centro - São Seb. do Paraíso, MG
    CEP: 37950-000
  • E-mail: jornalsudoeste@yahoo.com.br
  • Website: www.jornaldosudoeste.com.br
  • Telefone: (35) 3531.1897