CRÔNICA - Joel Cintra Borges

Vacinas

Por: Joel Cintra Borges | Editoria: cultura | 08/04/2017 | Visualizações: 204

-

Para bem compreendermos o que são vacinas, é preciso que entendamos antes o que são anticorpos, uma vez que a função das vacinas é estimular o organismo a produzir anticorpos, e são esses que nos protegem contra as várias enfermidades.
Setenta anos atrás não existiam tantas vacinas como hoje e, quando crianças, tínhamos que contrair uma série de doenças, como catapora e sarampo, por exemplo, para ficarmos imunes a elas. 
Isso porque o microrganismo que causava a moléstia estimulava nosso sistema imunitário a produzir corpúsculos no sangue, chamados anticorpos, específicos contra o vírus do sarampo, por exemplo, os quais passavam a nos defender contra novas invasões dessa enfermidade. Já tínhamos anticorpos contra o sarampo!
A descoberta das vacinas foi um grande passo na história da medicina. Hoje a criança simplesmente toma as vacinas, algumas aplicadas, outras orais, e está protegida!
O nome vacina deriva de vaca  (em latim vacca). Isso porque a primeira vacina da história originou-se de uma doença chamada varíola, que era comum a bovinos e seres humanos. O médico inglês Dr. Edward Jenner (1749 - 1823) observou que mulheres que ordenhavam vacas muitas vezes contraíam uma grosseira, ou pústulas, nas mãos, devido às bolhas que as vacas tinham nos peitos (a varíola, que nos bovinos era conhecida por vacínia). E o mais importante: essa inflamação nas mãos as protegia da terrível doença que era a varíola humana, que costumava causar grande mortalidade, ou terríveis cicatrizes nas faces!
Isso lhe deu a ideia de, já que a varíola bovina imunizava as ordenhadoras, inoculá-la propositalmente em outras pessoas para ver se elas também ficavam imunizadas. Asssim, o Dr. Jenner retirou material das mãos de uma mulher contaminada e aplicou em James Philipps, um menido de oito de idade. Ele desenvolveu, sem maiores problemas, a forma benigna da doença. Posteriormente, ele foi testado com a varíola verdadeira: estava imune.  Foi a primeira vacinação da história!
Estava inventada a vacina. O vírus da varíola bovina, parecido com o da varíola humana, mas, mais brando, estimulava o organismo a produzir anticorpos contra a terrível varíola humana..
As vacinas atuais usam basicamente o mesmo princípio, sendo produzidos com bactérias, ou vírus atenuados (enfraquecidos), ou partes deles, ou mesmo uma substância química parecida que "engane" o sistema imunitário e o leve a produzir os anticorpos desejados.
Assim caminha a humanidade!

GRÁFICA E EDITORA DR LTDA

  • Av. Monsenhor Mancini, 212 - Sala 1
    Centro - São Seb. do Paraíso, MG
    CEP: 37950-000
  • E-mail: jornalsudoeste@yahoo.com.br
  • Website: www.jornaldosudoeste.com.br
  • Telefone: (35) 3531.1897