CURTAS

CURTAS EDIÇÕES 2091

Por: Redação | Editoria: cidades | 12/04/2017 | Visualizações: 165

-

SINALIZANDO
Atendendo a pedido e reivindicação dos vereadores a Prefeitura de São Sebastião do Paraíso está realizando a sinalização das ruas no bairro Nascentes das Gerais. Diversos bairros da cidade carecem deste benefício e alguns com mais de 10 anos não têm sequer placa com denominação de rua. Se considerar que em um passado recente e até mesmo na atual Câmara de Vereadores, a proposta de dar nome de ruas é um dos projetos mais aprovados naquela casa. Aprovar é fácil colocar placa com nome é outra história. 
VIADUTO
Indicação apresentada na última sessão da Câmara Municipal de Paraíso, por parte do vereador Paulo César de Souza, reivindica que seja construído um viaduto cruzando a rodovia BR-491 e dando prosseguimento à Avenida Central em sentido ao bairro Alto da Bela Vista e região. Ele solicitou envio de ofício a Concessionária Nascentes das Gerais, aos deputados Antonio Carlos Arantes, Carlos Melles e Aelton Freitas para se mobilizarem. Oportuno também acionar o Governo do Estado já que o trecho envolve uma PPP (Parceria Público Privada) e uma obra deste porte tem sim que ter a participação do Estado.
ROTATÓRIA
E não é que moradores da região do Cristo Rei, Jardim América e bairros adjacentes insistem em pedir a Prefeitura a implantação de mais uma rotatória na Avenida Zezé Amaral. O caso foi encaminhado à Secretaria de Segurança Pública, Trânsito e Transporte para emitir um parecer técnico. Na gestão passada o mesmo pleito tinha sido feito e descartado na época. Outra situação reivindicada é o alargamento da Rua Professor Nixon, que se ocorresse poderia possibilitar o fluxo de veículos em dois sentidos. Resta saber para onde iria o espaço destinado aos feirantes e como seria o início e o fim do entroncamento do trecho. 
RELATÓRIO
A princípio foi marcado para a próxima segunda-feira,17, uma reunião na Câmara Municipal de Paraíso para a prestação de contas das atividades da Emater/MG (Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural de Minas Gerais). O relatório deverá destacar as principais atividades desenvolvidas pelo órgão no município em 2016. A propósito agora em nova administração a Prefeitura renovou o convênio com a empresa possibilitando que os produtores locais tenham a devida assistência técnica. Diga-se de passagem que não só renovou, mas o Município está pagando e em dia pela contrapartida no convênio com a Emater.
ILUMINANDO
Começou nesta semana o serviço de manutenção da rede pública de iluminação. Primeiramente foram atendidos os mais de 60 pontos existentes nos distritos de Guardinha e Termópolis, que já estão às claras. A cidade foi dividida em 10 regiões e ontem, terça-feira, uma grande área que engloba o bairro São Judas Tadeu e seu entorno começou a ser atendida em cerca de 90 pontos a serem manutenidos. Outra região será iniciada entre hoje e amanhã. Na segunda-feira o trabalho ganhará novo ritmo quando mais duas equipes de trabalho entrarão em atividade. Santa Clara clareou.
REVISÃO
O presidente da Câmara, Marcelo Morais está fazendo uma convocação geral para que além dos vereadores representantes de outros segmentos sociais e a comuni-dade em geral participem do processo de revisão da LOM (Lei Orgânica Municipal). O assunto já deveria estar resolvido há algum tempo para resolver pendências como o caso do ex-prefeito e vice-prefeito que renunciaram aos cargos e a legislação não possui nenhum dispositivo prevendo este tipo de rara situação. Outras circunstâncias também deverão ser acrescentadas na revisão. 
SIMPÓSIO
Norberto da Silva Nunes gestor na Comunidade Tera-pêutica Renascer Para a Vida foi um dos representantes de São Sebastião do Paraíso, no  Simpósio Estadual dos Conselhos Municipais de Políticas sobre Drogas. O evento realizado pelo Governo de Minas Gerais, por meio da Secretaria de Segurança Pública (Sesp), tem como principal objetivo aproximar o Estado e os conselhos municipais na união de esforços para desenvolvimento de políticas públicas de prevenção ao uso de drogas. Cerca de 500 pessoas oriundas de mais de 170 municípios mineiros participaram dos debates.
CRÉDITO
A Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) fez uma visita, na terça-feira,11, ao secretário de Estado de Saúde, Sávio Souza Cruz. A finalidade foi discutir questões sobre saúde pública, especialmente a dívida que o Estado tem com os municípios.De acordo com o autor do requerimento para a realização da visita e presidente da comissão, deputado Carlos Pimenta (PDT), todos os 853 municípios mineiros têm créditos a receber do Tesouro estadual. Segundo consta,  “nenhum tem menos que R$ 1,5 milhão”. e Paraíso teria quase R$ 5 milhões, que poderia dar uma aliviada a mais no caixa da saúde. 
MULTA
O deputado estadual Antônio Carlos Arantes após receber inúmeras denúncias sobre uma onda de multas sofridas pelos caminhoneiros na balança instalada no trecho de rodovia que liga Pratápolis a Cássia esteve de corpo presente no local para acompanhar os acontec-imentos. Juntamente com lideranças da comunidade eles dialogaram com a gerência da balança para obter uma explicação sobre mais de 40 multas emitidas no local. Em outras duas balanças instaladas na região os caminhoneiros passam sem serem multados e ali, segundo consta, a caneta do guarda anda solta mesmo.
DEFESA
O parlamentar anunciou que irá acionar o Departamento Jurídico em seu gabinete na Assembleia para que sejam feitas ações legais e que o Estado verifique o que está acontecendo e que possa acabar com as multas. Arantes opina que as medidas adotadas são arbitrárias e autoritárias e prejudicam os caminhoneiros. De acordo com o deputado a classe já é penalizada pelo preço do frete, pela alta do combustível, pelo custo da manutenção e agora por essas multas excessivas. 
VIROU REGRA
Relatório de auditoria interna na Secretaria Municipal de Saúde, feito a pedido da Assessoria de Controle Interno da Prefeitura de São Sebastião do Paraíso para apurar contratações diretas por dispensa de licitação compreendido no período de 7 de julho a 20 de agosto de 2016, nos tempos de alcaide Reminho, demonstram que houve diversas irregularidades. Contratação direta, de exceção passou a ser regra. A recomendação da auditoria foi pela abertura de sindicância, com instauração de comissão para apurar as ocorrências relatadas, e o encaminhamento do relatório ao Ministério Público para denúncia dos atos praticados.

GRÁFICA E EDITORA DR LTDA

  • Av. Monsenhor Mancini, 212 - Sala 1
    Centro - São Seb. do Paraíso, MG
    CEP: 37950-000
  • E-mail: jornalsudoeste@yahoo.com.br
  • Website: www.jornaldosudoeste.com.br
  • Telefone: (35) 3531.1897