CARNES

Comissões na ALMG vão discutir efeitos da “operação carne fraca” em Minas

Por: Redação | Editoria: brasil | 12/04/2017 | Visualizações: 244

-

A Comissão de Agropecuária e Agroindústria, presidida pelo deputado Antonio Carlos Arantes (PSDB), de Defesa do Consumidor, presidida pelo deputado Felipe Attiê (PTB), irão debater as melhorias necessárias aos processos de inspeção e fiscalização de produtos de origem animal no Estado; os impactos econômicos, e o mapeamento dos lotes irregulares fornecidos pelas empresas envolvidas na operação Carne Fraca da Polícia Federal.
A decisão de discutir o tema conjuntamente foi tomada após a aprovação de requerimentos dos deputados membros das duas comissões: Antonio Carlos Arantes (PSDB), Inácio Franco (PV), Felipe Attiê (PTB), Sargento Rodrigues (PDT) e Tadeu Martins Leite (PMDB).
Para o deputado Arantes será um encontro muito importante para o agronegócio: “As duas comissões representam o termômetro dessa crise. De um lado, os produtores; do outro, os consumidores. Tenho certeza de que vamos reunir um conjunto de informações muito positivo para nortear o nosso trabalho após esse desastre que afetou a nossa economia”, avaliou.
As duas comissões irão se reunir no próximo dia 20l, às 9 horas, no Plenário da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) com a presença de vários convidados. São aguardados representantes do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa); da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa); da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Agrário (Seda); da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Minas Gerais (Faemg); da Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado de Minas Gerais (Fetaemg); da Federação das Indústrias no Estado de Minas Gerais (Fiemg); do Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA); da Associação de Avicultores de Minas Gerais (Avimig); da Associação dos Suinocultores de Minas Gerais (Asemg); da Associação Mineira de Supermercados (Amis); da Associação de Frigoríficos de Minas Gerais, Espírito Santo e Distrito Federal (Afrig), além de outros.
O deputado Arantes solicita a presença de todos aqueles que de alguma maneira foram afetados pela operação Carne Fraca: “Muita gente perdeu com essa operação, principalmente os pequenos produtores. Nós temos uma das melhores carnes do mundo e quem produz direito, respeitando a lei, não pode ser penalizado. Claro que a fiscalização tem que ser eficaz e o consumidor também não pode ser uma vítima de quem não respeita a lei. Debatendo juntos vamos tomar providências para que algo dessas proporções nunca mais volte a acontecer”, afirmou. 
(por J.C.Junot)


 

GRÁFICA E EDITORA DR LTDA

  • Av. Monsenhor Mancini, 212 - Sala 1
    Centro - São Seb. do Paraíso, MG
    CEP: 37950-000
  • E-mail: jornalsudoeste@yahoo.com.br
  • Website: www.jornaldosudoeste.com.br
  • Telefone: (35) 3531.1897