CURTAS

CURTAS EDIÇÕES 2093

Por: Redação | Editoria: cidades | 19/04/2017 | Visualizações: 342

-

CELEUMA
Embora se perceba que a nova Câmara esteja imbuída das melhores intenções em fazer um Legislativo diferente, nota-se que algumas práticas já se tornam cansativas. Quem acompanha os trabalhos já viu que para se ter boa resolutividade, não é preciso tantos rodeios. Poderia se tratar os temas de maneira mais objetiva, sem maiores delongas. As sessões serão mais atrativas. 
ARQUIVO
Foi parar na gaveta e, portanto arquivado o projeto do Executivo que previa o fim ou a redução dos gastos com o fornecimento de marmitas e lanches para os funcionários municipais que trabalham em turnos longos. Não passou pela Comissão de Finanças, Justiça e Legislação. A sessão chegou ser interrompida e vereadores que integram referida comissão tiveram conversa de pé de orelha com diretores do Sindicato dos Servidores Municipais – o SEMPRE. A justificativa é que servidores municipais seriam prejudicados com tal medida.
DIÁLOGO
Tanto o prefeito Walkinho, como o secretário de Esportes, Tomás Martins, reconheceram que o projeto propondo aprovação de convênio entre o município e uma associação, para através dela se destinar recursos à equipe de futsal da Intelli para custear viagens,  chegou tardio ao Legislativo. A expectativa era que referido projeto fosse aprovado segunda-feira (17/4) pela Câmara. Mas não foi. Pedido de vistas e a proposta de emenda feita pelos vereadores Marcelo Morais e José Luiz das Graças será analisado pela Comissão de Finanças, Justiça e Legislação. Possivelmente na próxima semana o projeto irá a plenário para votação.
CPI DO CONGO
Não prosperou, a princípio, a tentativa de se abrir a primeira CPI pela Câmara Municipal nesta legislatura.. A hipótese foi cogitada  na sessão da Câmara nesta semana, envolvendo a festa das Congadas. Luiz Carlos Machado que preside uma associação de congadeiros, ocupou a tribuna livre e afirmou que outras festas populares não mais existem em Paraíso, e não se pode deixar que as Congadas também corra este risco. Ao afirmar que em quase 30 anos como congadeiro nunca foi chamado para uma prestação de contas relativa à tradicional festa. Pediu que associação da qual faz parte seja reconhecida como de utilidade pública,. Em seu nome e da associação também a abertura de uma CPI para apurar todo o dinheiro gasto nas Congadas 2016.
RENDEU 
O assunto rendeu vários comentários, alguns, mais apimentados. O vereador Jerominho que já integrou algumas comissões esclareceu que,  ternos de congo e Moçambique tem até o final do ano, ou seja 12 de dezembro para prestarem suas contas à comissão, e, em parte isto acaba ocasionando esta demora. Vereadores opinam que, entre 60 e 90 dias é prazo mais que razoável para ser feita toda a demonstração. O vereador Serginho disse que às vezes fica triste porque as coisas “não acontecem, como se espera”. Mencionou a Lei Orgânica do Município e Regimento Interno da casa, explicando o procedimento para se instaurar uma CPI. 
CONFUSO
Vereadores estão reclamando sobre a situação do trânsito caótico em algumas vias da cidade. Semana passada foi falado sobre a possibilidade de abertura de mais uma rotatória na avenida Zezé Amaral. O vereador Lisandro Monteiro chamou a atenção sobre as longas filas que se formam na Avenida Oliveira Rezende e a impossibilidade de cruzamento de quem está do lado do cemitério e quer passar em direção ao centro da cidade. Outro ponto crítico é o cruzamento da Avenida Alferes Manoel Caetano, com a mesma Oliveira Rezende. Em ambas as situações pede-se a colocação de semáforo,ou quem sabe a ajuda da Guarda Municipal. 
VOANDO
A vereadora Cidinha Cerize elogiou a Secretaria Municipal de Obras pelos reparos que foram feitos na estrada vicinal que dá acesso as terras na região da Antinha. Em aparte o vereador Luiz de Paula disse que o serviço ficou tão perfeito ao ponto de alguns motoristas estarem exagerando no excesso de velocidade e estão “voando”. Outro vereador sugeriuu que o mesmo serviço poderia ser feito na estrada para Guardinha. Luiz esclareceu que a estrada via Epamig já sofreu melhoramentos. 
PREVISÃO
Pela estimativa feita pela administração municipal em torno do orçamento de 2018, tudo indica que o valor será menor do que o deste ano que ficou na casa dos R$ 185 milhões. Recentemente houve quem superestimasse as previsões e o valor lançado chegou a casa de R$ 201 milhões. A se confirmar o que consta no projeto da Lei Orçamentária Anual já encaminhada pelo Executivo à Câmara, no próximo ano o orçamento deverá girar em torno de R$ 181 milhões. É aquela história de se fazer mais com menos vai prosseguindo, sem varinha de condão.
NOTIFICADA
A Concessionária Nascentes das Gerais foi notificada pelo Corpo de Bombeiros de São Sebastião do Paraíso para que tome providências em relação aos enormes e profundos buracos existentes as margens da rodovia MG-050. No fim de semana um andarilho caiu em uma destas valas e só não ficou em maus lençois pelo fato de ter sido visto no momento da queda. Poderia até ter perdido a vida. Segundo consta tiraram a tampa do buraco para a poda da grama e não colocaram. Em outro local nem mesmo a tampão existia. Não bastassem os pedágios.

GRÁFICA E EDITORA DR LTDA

  • Av. Monsenhor Mancini, 212 - Sala 1
    Centro - São Seb. do Paraíso, MG
    CEP: 37950-000
  • E-mail: jornalsudoeste@yahoo.com.br
  • Website: www.jornaldosudoeste.com.br
  • Telefone: (35) 3531.1897