PRÊMIO

Estudante de Paraíso é premiado em Concurso de Redação da CGU

Por: Roberto Nogueira | Editoria: educacao | 23/04/2017 | Visualizações: 1090

Com primeiro lugar ele recebeu um tablet e um certificado - Foto de Roberto Nogueira

O estudante Pedro Henrique Silva Alves, da E.E. Ana Cândida de Figueiredo recebeu na manhã de ontem (18/4), a premiação do Ministério da Transparência, Fiscalização da CGU (Controladoria-Geral da União). Ele foi o vencedor do 8º Concurso de Redação e Desenho, na categoria Redação II, realizado em 2016. A premiação aconteceu na sede da escola e contou com a participação de outros alunos, professores e diretores, além de representantes da Controladoria e da Prefeitura de São Sebastião do Paraíso.
Com o tema “Um por todos e todos por um! Pela ética e cidadania”, o concurso teve o objetivo, segundo a CGU, de “despertar nos estudantes o interesse por assuntos relacionados ao controle social, à ética e à cidadania, por meio do incentivo à reflexão e ao debate desses assuntos nos ambientes educacionais”, anunciou a auditora Conceição Policarpo. 
O título da redação de Pedro Henrique foi “Unus pro omnibus, omnes pro uno”, frase em latim que em português significa “um por todos e todos por um”. O estudante escreveu sobre como o interesse pessoal “ofusca os interesses coletivos”. “A ética e a cidadania são deixadas em segundo plano. Tornam-se, então, instrumentos ocasionais de oportunismo: ‘eu defendo a ética quando isso me beneficia’ ou ‘eu sou cidadão quando me convém’”, citou. Pedro disse que está muito contente e já está se preparando para o concurso deste ano.
Ele foi orientado pela professora de Língua Portuguesa, Taisa Barbosa Robuste que também foi homenageada. Os professores responsáveis também são premiados com o equipamento eletrônico, enquanto que as escolas recebem material didático.
Conforme a também auditora Cristina Silva, da CGU regional de Minas Gerais é gratificante sair da capital e participar de um evento. “Esta premiação é um estímulo para que outros alunos também possam participar e concorrer. Todos da escola estão de parabéns”, comenta. Ela acrescentou que estudantes de escolas públicas e particulares de todas as séries dos ensinos fundamental e médio podem participar do 9º Concurso de Desenho e Redação, do Ministério da Transparência, Fiscalização e Controladoria-Geral da União (CGU). O objetivo é despertar o interesse dos alunos por assuntos relacionados ao controle social, à ética e à convivência cidadã.
Para a diretora Andrea Assis  S. Ribeiro Duarte a satisfação é imensa em ter um aluno da escola vencedor de concurso a nível nacional. “Ficamos orgulhosos, pois, é uma resposta ao que é trabalhado em sala, na escola e na comunidade. Nosso objetivo é promover o cidadão, a escola e a comunidade mais consciente e participativa”, disse. Representando o prefeito Walker Américo Oliveira, a assessora Pedagógica da Secretaria Municipal de Educação, Ana Paula de Brito Pelúcio, acrescentou que esta conquista representa muito para a cidade e que “é um incentivo para que outras escolas inclusive as da rede municipal possam se inscrever e participar do concurso deste ano”, completa.
Em 2017 o tema escolhido foi “Todo dia é dia de cidadania” que tem como objetivo despertar nos estudantes o interesse por assuntos relacionados à ética e à convivência cidadã, por meio do incentivo à reflexão e ao debate nos ambientes educacionais. 
O concurso é dividido em 14 categorias. Do primeiro ao quinto ano do ensino fundamental, os alunos podem concorrer com desenhos. A partir do sexto ano do ensino fundamental até o terceiro do ensino médio, incluindo a modalidade de educação de jovens e adultos, os trabalhos devem ser de redação. As três instituições com a melhor estratégia para debater o tema também serão premiadas na categoria “Escola-Cidadã”. A edição atual também irá premiar todos os professores orientadores dos alunos contemplados. 
Nesta edição, as escolas terão mais facilidade para inscrever os estudantes e enviar os trabalhos, já que todo o processo será digital, através do Portalzinho da Criança Cidadã ou pelo site da CGU. Após a inscrição, será gerado um código para que a escola possa inserir e editar informações a qualquer momento. Os desenhos e redações devem ser inéditos, originais e devem ter sido realizados em sala de aula. As inscrições podem ser feitas por estudantes de escolas públicas e privadas de todas as séries dos ensinos fundamental e médio até 30 de setembro. Alunos, professores e escolas com as melhores notas serão premiados com tablets e computadores.

GRÁFICA E EDITORA DR LTDA

  • Av. Monsenhor Mancini, 212 - Sala 1
    Centro - São Seb. do Paraíso, MG
    CEP: 37950-000
  • E-mail: jornalsudoeste@yahoo.com.br
  • Website: www.jornaldosudoeste.com.br
  • Telefone: (35) 3531.1897