Cultura

LEIA MULHERES: A Falência de Júlia Lopes de Almeida será obra discutida em próximo encontro

João Oliveira • 14-10-2019 • 1641

No próximo dia 9 de novembro acontece no Espaço Ser e Tempo, a quarta reunião do grupo Leia Mulheres, que desta vez irá debater a obra "A Falência", de Júlia Lopes de Almeida. No dia 5 de outubro o grupo se reuniu para conversar sobre a obra "A Casa Torta", da escritora inglesa Agatha Christie, onde, de acordo com uma das mediadoras do grupo, Sarah Lara Naves, foi interessante dada à diversidade de opiniões sobre...

A segunda opção

Ely VIeitez Lisboa • 12-10-2019 • 1431

Célia casou-se às pressas, para chegar antes da cegonha, a barriga de seis meses já aparecendo. Fez questão de ir vestida de branco, véu e flor de laranjeira ornando a testa, só para ter o gostinho de noiva virgem. Foi morar com João, em uma casinha simples, quarto, sala e cozinha; na frente tinha um pequeno jardim de margaridas alegres e regateiras, com seus olhos cor de ouro, no centro entre a brancura das pétalas...

Inovação, sim. É preciso!

Fernando de Miranda Jorge • 11-10-2019 • 1331

A inovação precisa ser viável, sustentável e dar retorno financeiro. Se não, qualquer ideia ilógica, absurda, que é concebida pela primeira vez, poderia ser considerada inovadora. Também é possível inovar em processos. Foi o que fez o engenheiro e empreendedor estadunidense Henry Ford, fundador da Ford Company, ao criar a “linha de produção”, visando aumentar a produtividade de suas fábricas: os automóveis já existiam...

VAATU

Redação • 11-10-2019 • 1320

Como se formam as palavras?

Michelle Aparecida Pereira Lopes • 07-10-2019 • 979

Você já se perguntou, pelo menos uma vez, como as palavras se formam? Já se perguntou se nós, falantes de uma língua estruturada, como a portuguesa, ou qualquer outra, podemos formar palavras novas, assim, a partir de outras, ou mesmo a partir do nada? Alguns poderiam responder a primeira pergunta dizendo que a nossa língua tem sua origem no latim. Certo! Mas quando falamos de estrutura e formação das palavras...

O idoso

Redação • 05-10-2019 • 758

Um presente que se transformará em saudade, nosso alicerce, aquele que representa tudo. Sobrevive em circunstâncias muito difíceis, maus tratos, repressão e desconforto, violência aos direitos alheios, a ingratidão de algumas famílias na era moderna transforma referências em objeto descartável, um fardo difícil de carregar. O abandono é um dos maiores sofrimentos do ser humano... 

Resposta a um e-mail

Ely VIeitez Lisboa • 05-10-2019 • 762

Foi como eu disse a ela. No seu e-mail ela dizia estar preocupada, pois sentia-se velha, porque completara quarenta anos. Confessei-lhe que sua angústia não poderia ser levada a sério. Ela complementava: sua filha, com pais idosos, o marido, que não realizara ainda todos seus sonhos.  Melancólica, perguntava-se: Onde estava a jovem de dezoito anos que eu conhecera, tão feliz, tão idealista? Ela quase não conseguira nada...

"Câmara Cultural" terá exposição de trabalhos artísticos regionais

Roberto Nogueira • 05-10-2019 • 1119

A aprovação nesta semana do projeto "Câmara Cultural" pretende transformar as dependências do Legislativo Paraisense em um salão de exposição de artes. A proposta é utilizar alguns espaços internos da Casa para exposição de trabalhos artísticos mediante convocação pública, assegurada a igualdade de participação. A iniciativa segundo os vereadores paraisenses surgiu a partir de visitas a outras câmaras municipais da região...

Merlot

Redação • 02-10-2019 • 897

Informação versus novas profissões

Fernando de Miranda Jorge • 01-10-2019 • 1378

De acordo com dados da Associação de Mídia Interativa (AMI), que reúne os provedores de acesso à Internet no Brasil, em 2001 já havia mais de 100 mil vagas relacionadas com negócios que serão gerados pela rede mundial de computadores. O homem está inserido em grupos sociais, os quais são construídos durante toda a trajetória de sua vida: no ambiente familiar, escolar, na comunidade em que habita...

APC comemora 33 anos e entrega Comenda do Mérito Cultural “Dr. Olavo borges” ao acadêmico Luiz Ferreira Calafiori

Nelson de Paula Duarte • 28-09-2019 • 1086

Sessão solene presidida pelo acadêmico André Luiz Mirhib Cruvinel foi realizada pela Academia Paraisense de Cultura – APC – no dia 18, em comemoração aos 33 anos de sua fundação e entrega da Ordem do Mérito Cultural “Dr. Olavo Borges” ao Acadêmico Luiz Ferreira Calafiori, escritor, historiador. A Academia Paraisense de Cultura – foi fundada no dia 27 de setembro de 1986...

José de Paula Duarte

Redação • 28-09-2019 • 1423

José da Lódia, não é apelido e sim carinhosa referência, por ser filho de Dona Laudelina, conhecida como Lódia. Seu nome não é uma lenda, muito menos um conto de fadas, é real. Um ser humano diferenciado, Íntegro, gentil e prestativo, um fenômeno de bondade, rara exceção...

A posse de Angela Maria Pascoal Cardoso na APC

Nelson de Paula Duarte • 28-09-2019 • 1431

Em sodalício em sua sede na noite de 25 de setembro, a Academia Paraisense de Cultura deu posse à nova acadêmica, musicista Angela Maria Pascoal Cardoso, que como Membro Efetivo passa ocupar a cadeira n.º 35, tendo como patrono o compositor Antônio Carlos Brasileiro de Almeida Jobim (Tom Jobim)...

Por quem os Sinos Dobram

Ely VIeitez Lisboa • 28-09-2019 • 1242

O título é do filme americano de 1943, dirigido por Sam Wood, baseado no famoso romance homônimo de Hemingway. A crítica não foi muito favorável, destacando-se apenas o casal dos amantes, Gary Cooper e a linda Ingrid Bergman. Foi assim também que intitulei um poema do meu primeiro livro do gênero poesia, A Encantadora de Serpentes (João Scortecci Editora...

Sabedoria Poética

Conceição Ferreira Borges • 28-09-2019 • 1194

Maria Rita de Cássia Preto Miranda, personalidade poética fascinante, lançou recentemente um novo livro, "Sabedoria Poética". São sonetos filosóficos, baseados no "Livro da Sabedoria", que revelaram ainda mais o seu grande potencial poético. A apresentação do livro foi escrita por ela, que também é escritora, com diversos livros publicados...

Justiça

Redação • 25-09-2019 • 762

Agora sei

Fernando de Miranda Jorge • 25-09-2019 • 980

A vida é como jogar uma bola na parede: "Se for jogada uma bola azul, ela voltará azul; se for jogada uma bola verde, ela voltará verde; se a bola for fracamente jogada, ela voltará fracamente; se a bola for jogada com força, ela voltará com força. Por isso, nunca "jogue uma bola na vida" de forma que você não esteja pronto para  recebê-la na volta...

Recriminação

Ely VIeitez Lisboa • 24-09-2019 • 645

Um dia a parente querida, tão inteligente, ralhou comigo: Não gosto de sua mania de conversar com a gente, ouvir com paciência, mas sempre observando, analisando... Parentes e amigos são para conversar, interagir, mas nunca analisar! Não somos cobaias, nem pacientes!  Fiquei quieta, sem argumentos, porque era verdade. Mas confesso meu pecado: não mudei minha maneira de agir...

LEIA MULHERES: A Casa Torta de Agatha Christie será obra debatida em próximo encontro

João Oliveira • 23-09-2019 • 938

Quem nunca leu um romance policial certamente irá se surpreender com a trama da "rainha do crime", Agatha Christie, em A Casa Torta. A obra, escolhida para leitura de setembro, terá seu encontro presencial no próximo dia 5 de outubro. O clube Leia Mulheres tem como proposta a leitura e valorização de literatura produzida por mulheres, muitas vezes esquecidas ou deixadas de lado pelos manuais de literatura...

Primavera

Redação • 19-09-2019 • 920

Quando será, será!

Fernando de Miranda Jorge • 19-09-2019 • 708

Quando você perceber que, para produzir, crescer e subir na vida, precisa enfiar a cara no trabalho e esquecer o resto e batalhar muito; quando perceber que muitos ficam ricos facilmente mediante subornos e por influências, muito mais que pelo trabalho; quando perceber que a corrupção é recompensada e a honestidade se torna sacrifício; então, meu caro leitor, terá vontade de desistir. Mas como somos gente...

Opção pelo abismo

Ely VIeitez Lisboa • 14-09-2019 • 589

Amanheci máquina, sem explicação plausível. Tento lembrar se a metamorfose foi lenta ou repentina. Não sei. Ela apenas foi. Aconteceu. Houve uma época, quando eu era muito humana, os sonhos emanavam do meu cerne, fluíam como perfume em frasco aberto. O corpo, a carne, tudo era uma lira sensível a qualquer doce aura, vibrando as cordas da emoção. E o coração batia desenfreado, os olhos abriam a possíveis...

Quando setembro vier

Fernando de Miranda Jorge • 12-09-2019 • 854

Vou ficar feliz. Olhem que maravilha: sem frio, nem calor e, muito menos, chuvaradas prolongadas. O verde mais verde. Distantes de nós as doenças oriundas das mudanças climáticas. Mudança no regime das chuvas, elevação do nível do mar e aumento na frequência de eventos climáticos como: enchentes, frio, calor, ventania e secas...

Alfabetizar...

Redação • 11-09-2019 • 915

Independência,  hoje e sempre ...

Redação • 10-09-2019 • 1169

A igreja do diabo

Ely VIeitez Lisboa • 10-09-2019 • 833

É comum pensar que o mundo nunca foi tão violento. O homem moderno transformou-se no grande vilão. Na verdade, a violência nasceu com o ser humano, está na sua essência. O fratricídio de Caim é o exemplo expressivo, nos imemoriais tempos bíblicos. Os latinos já afirmavam sabiamente que o homem é o lobo do homem, verdade ratificada por Hobbes, no século XVIII...

E aí!? Sextou!?

Michelle Aparecida Pereira Lopes • 10-09-2019 • 860

Não é de hoje que podemos observar como a língua que circula nas redes sociais é mais fluida, ou menos sisuda. Esta língua que, muitas vezes, nem parece ser a língua portuguesa, está sempre produzindo novidades, criando termos e se renovando. Para aqueles que conhecem pouco dos estudos linguísticos e possuem a compreensão de que língua é apenas norma padrão, ou ainda somente a gramática, as variantes...

Bacarte promove nova temporada de teatro em Paraíso

João Oliveira • 07-09-2019 • 1262

A Cia de Teatro Bar-carte irá promover nos dias 13, 14 e 15 de setembro no Teatro Municipal Sebastião Furlan mais uma temporada teatral com as peças “Pluft o fantasminha”, de Maria Claro Machado, e “Dois perdidos numa noite suja”, de Plínio Marcos. As peças terão horários flexíveis para atingir todos os públicos e poder dar oportunidade de toda a família paraisense prestigiar o evento...

Vem...

Redação • 05-09-2019 • 577

Flor sem poluição e sem artifícios

Fernando de Miranda Jorge • 04-09-2019 • 740

"As manhãs e as tardes de Jacuí, neste prenúncio de primavera, além de lindas, exalam ares agradáveis". Toda casa tem um pé de jabuticaba. É o suficiente para respirarmos o ar com um cheiro de fazer sonhar. O ar é livre e a visibilidade também, para apreciarmos os exuberantes "ipês amarelos"! E fica tudo por isso mesmo...