• Dos Leitores •

O amor é um santo remédio

Por: Redação | Categoria: Do leitor | 11-06-2022 01:17 | 326
Foto: Arquivo

Maria havia passado pelo médico. Tinha sintomas de dengue e covid-19. Seu diagnóstico era aguardado com muita ansiedade. O teste seria feito no terceiro após o início dos sintomas.

Tinha febre, dor nas articulações como facadas, cansaço, desânimo, falta de apetite, intestino solto, o nariz escorria e entupia, tosse seca, dor de garganta, dor de cabeça e no corpo, etc.

Como a dengue poderia desenvolver para hemorrágica, precisava aguardar para a prescrição de outras medicações.

Maria estava incomodada por abandonar o tratamento homeopático devido às intensas dores.

No passado, não tinha usado analgésico e antibiótico na extração de dente de siso. O dentista havia passado uma medicação homeopática.

Tinha um sentimento de impotência. Os analgésicos tinham dificuldade de cortar as intensas dores e a alta febre.

Ficou a pensar na vida. Tinha recebido um delicado chacoalhão com ternura e delicadeza.

O mais difícil foi dizer para sua mamãe e seu irmão não virem vê-la. Estava em outra cidade no início dos sintomas. Fazia o tratamento na ala do covid-19. Ficou próxima aos positivados e poderia desenvolver. As emoções estavam à flor da pele. Borbulhavam.

Não participava de nenhum grupo de risco. Não era idosa, hipertensa, diabética ou doença renal crônica. Tinha tomado às três doses da vacina contra o covid-19.

A dor física causada por uma infecção viral não tinha sido retirada tão fácil, contudo, o apoio das pessoas gerou um alívio imensurável.

Recebeu tanto carinho de amigos, colegas de serviço, familiares. Coisa que não tem preço. Felicidade é receber amor. Isso não tem preço.

Foi bom para pensar sobre a existência. Sentia uma gratidão imensa. Estava viva! Que alegria sentia. Sem explicação. Apenas sentia a vida a pulsar em si mesma e nada mais.

O perfume da vida está nas coisas mais simples a perder-se de vista.

Ivan Maldi é psicólogo efetivo no município de Pratápolis, especialista em psicanálise, pós-graduado pela Universidade Federal do Maranhão, membro efetivo da Academia Paraisense de Cultura. Realiza atendimento on-line (ivanmaldi@hotmail.com)