RECURSOS

Projeto destina recursos para a Associação Anjos de Resgate

Por: Roberto Nogueira | Categoria: Política | 01-06-2022 09:26 | 543
Foto: Reprodução

Projeto de lei em tramitação na Câmara Municipal de São Sebastião do Paraíso autoriza o Município a conceder contribuição financeira à Associação Anjos de Resgate no valor de até R$ 48 mil, em 12 parcelas mensais - a primeira no valor de R$ 31.500,00 e as demais no valor de R$ 1.500,00.

Os recursos serão destinados à construção de 12 baias de abrigo de cães e gatos e de pagamento mensal de aluguel de imóvel para essa finalidade.

A contribuição será realizada por meio da assinatura de termo de colaboração entre a Prefeitura e a associação. Em contrapartida, a associação se compromete a dar continuidade no atendimento e abrigo de animais abandonados, desnutridos e doentes, atropelados e em situação de risco, amparar, proteger, alimentar e realizar procedimentos e intervenções clínicas, promover o controle da natalidade e desenvolver campanhas para a posse responsável.

A Associação Anjos de Resgate é uma associação de caráter privado, sem fins lucrativos, com sede no Município, com a finalidade de proteção e defesa dos animais abandonados, vítimas de maus-tratos, atropelamentos, doenças e mais situações de risco à saúde dos animais.

Na sessão de segunda-feira (23), vereadores cumprimentaram a gestão municipal pela iniciativa e a Associação Anjos de Resgate pelo trabalho.

A vereadora Maria Aparecida Cerize (PSDB) esclareceu que apenas essa associação está legalmente regulamentada e, por isso, é a única contemplada no momento. "O prefeito deixou claro que se outras associações protetoras dos animais tiverem tudo certo e apresentarem um plano de trabalho, podem contar com a Prefeitura também".

Marcos Vitorino (PSC) reforçou o convite para que outras associações também promovam a regularização. "Era bom que todas elas se juntassem em uma grande associação porque a causa animal é uma só e é muito nobre porque defende aqueles que não têm voz para reclamar de dor e de maus-tratos".

José Luiz das Graças (PRB) ressaltou que é uma responsabilidade do poder público dar condições para tirar esses animais das ruas, e também responsabilidade dos tutores em não abandonarem seus animais. "Acho que o projeto é interessantíssimo e busca uma solução para dar uma vida mais saudável para esses animais. o animal precisa também estar sendo bem cuidado para encontrar um adotante", disse ele, desmentindo informações de que seria contrário à causa.

Sérgio Gomes (PTB) também manifestou apoio ao projeto e afirmou que acompanha há tempos o trabalho da associação. "Sabemos do trabalho sério que desempenha". Luiz de Paula (PP) declarou apoio a todas as iniciativas para o bem-estar animal. "Temos que amar os animais que sentem dor fome assim como o ser humano".

Lisandro Monteiro (SD) reforçou o comprometimento da Câmara Municipal com a causa animal e cobrou agilidade do Executivo Municipal para a concretização de um novo abrigo municipal "que possa abrigar não somente os cães, mas também os gastos e animais de grande porte".