REGIONAL PAULISTA

Adilson Lara avalia participação do Operário no Regional Paulista

Por: Roberto Nogueira | Categoria: Esporte | 03-08-2022 15:01 | 219
Operário encarou com igualdade fortes equipes montadas com grandes recursos financeiros
Operário encarou com igualdade fortes equipes montadas com grandes recursos financeiros Foto: Arquivo

O técnico Adilson Lara fez um balanço positivo da segunda participação do Operário Esporte Clube na disputa do Campeonato Regional de Futebol Amador, promovido pela Liga Desportiva Serranense. "Viemos de um período de pandemia, superamos vários desafios e conseguimos nos colocar entre as melhores equipes da competição. Não chegamos aonde pretendíamos, mas honramos a nossa tradição e o nome da nossa Paraíso nos posicionando entre as maiores forças", avalia. O treinador demonstrou gratidão e agradecimento a todos que participaram e colaboraram com a campanha da equipe.

Domingo, 31 de julho, foi disputada a partida final do campeonato. De forma invicta o Cravinhos sagrou-se campeão do torneio ao derrotar o São José da Bela Vista, por 3 a 0, após empate sem gols no primeiro jogo. São equipes que se reforçaram muito e fizeram grandes investimentos na contratação de jogadores. O Operário ficou com a terceira colocação e demonstrou sua força. "Temos a referência de 2019 quando fomos vice-campeões é uma marca a ser superada, um objetivo a ser perseguido e uma marca a ser alcançada. Diante deste cenário vamos nos fortalecendo" observa Adilson.

"Temos de reconhecer o empenho da nossa diretoria, dos atletas que se dedicaram em campo, os companheiros da comissão técnica, a nossa torcida. Tivemos alguns apoiadores, a Prefeitura dentro das suas possibilidades também nos ajudou é mais uma experiência adquirida", enfatiza o treinador. Ele opina que foram questões de detalhes em jogos decisivos que impossibilitaram o time de ir mais longe. "Valeu demais e todos estão de parabéns", completa.

Adilson cita que a competição também referência vários atletas que passam a ser cobiçados por outras equipes. "Reunimos jogadores da nossa região e formamos uma equipe valente que lutou até o fim e demonstrou sua força. Tivemos até mesmo o destaque o Thales Henrique que agora com o controle da pandemia vai retornar para a Europa e dar sequência na sua carreira, o saldo é positivo", destaca o treinador.

Ele finaliza que as boas sementes foram plantadas e que os bons frutos já estão sendo colhidos. "O Operário segue firme na disputa da Taça Paraíso e atento a todas as possibilidades de representar Paraíso