CURTAS EDIÇÃO 2789

Curtas

Por: Redação | Categoria: Cidades | 10-02-2024 05:01 | 72
Foto: Arquivo

Empregos
São Sebastião do Paraíso bem poderia acompanhar a tendência verificada ao longo de 2023 em Minas Gerais que vem se confirmando em 2024 em termos de geração de empregos. Não acompanha. Em terras paraisenses ressente-se a abertura de empresas notadamente no setor industrial, como temo ocorrido em outros municípios, inclusive em Arceburgo. Em Minas foram 7.776 novos negócios constituídos em janeiro deste ano, contra 7.297 ano passado, conforme relatório da Junta Comercial de Minas Gerais – Jucemg. 

Destoando?
Semana passada o Jornal do Sudoeste publicou entrevista com o delegado regional Tiago Bordini, titular da 4.ª Delegacia Regional de Polícia Civil, na qual ele informa que em 2023 houve redução no número de furtos e roubos, tanto tentados, quanto consumados, em São Sebastião do Paraíso. Mas 2024, segundo informações extraoficiais, pode estar destoando dessa estatística, de vez que há relatos de um grande número de furtos, com requintes de ousadia. 

Fazem o limpa
A incidência de furtos em alguns bairros tem atordoado moradores, tendo em vista a ousadia de ladrões, que adentram residências, e fazem o limpa, mesmo com a presença de moradores no interior das casas. Imagens a que esta coluna teve acesse mostram ladrões flagrados por câmeras de segurança, carregando materiais furtados. A notícias dando conta que em numa mesma residência teriam entrado algumas vezes e chegaram utilizar carrinhos para transportar de roupas a eletroeletrônicos. 

Até quartel
Mas a insegurança campeia. Haja vista que até o quartel da Polícia Militar em Muzambinho foi alvo de furto, de onde foram levados rifles, carabinas, pistolas, rádios, munições, aparelho para arquivar imagens de câmeras de monitoramento, granadas. Autores entraram pelos fundos, e ao contrário do que incialmente se informou, o local não foi arrombado. Um dos suspeitos, que foi preso é um sargento da própria PM que estava afastado desde janeiro para tratamento de saúde.

Acidentes
Chama a atenção o número de acidentes registrados nesta semana na rodovia MGC 491 entre São Sebastião do Paraíso e Monte Santo de Minas. Entre terça e sexta-feira foram três envolvendo caminhões. O primeiro na terça-feira um caminhão baú entrou na traseira de uma Variant que atingiu um automóvel Toyota. Dia seguinte, um caminhão carregado de soja tombou na pista. E sexta-feira o choque frontal entre um caminhão guincho e um betoneira.

Comemorou
O SEMPRE, Sindicato dos Servidores Municipais de São Sebastião do Paraíso manifestou-se sobre a recente condenação do ex-prefeito (31/01), ex-deputado, Rêmolo Aloise, por improbidade administrativa, conforme sentença prolatada pela juíza da Segunda Vara Cível da comarca de São Sebastião do Paraíso, Elisandra Alice dos Santos Camilo. Foi condenado a ressarcir os cofres do município em R$ 2.171,729,39 acrescidos de correção monetária, mais juros de mora de 1.% desde a apuração do ilícito. Teve também direitos políticos suspensos por oito anos. “A justiça tarda mais não falha”, salientou o SEMPRE.

Perseguições
O SEMPRE rememorou que há quase oito anos enfrentou batalha em prol dos servidores que foram “perseguidos e prejudicados” pelo ex-prefeito, porque recorreram à greve visando receber salários que estavam atrasados há quase três meses. Foi o estopim para encostar servidor, impedir que exercessem suas funções, além de assédio moral e outras irregularidades, afirma o SEMPRE.

MEMÓRIA PARAISENSE
No dia 12 de fevereiro de 1939 nasce José Carlos Maldi, professor, advogado, diretor escolar que fez história devido ao seu conhecimento, habilidade de liderança e método de ensino. Sua memória foi perpetuada em homenagem póstuma, quando no dia 3 de janeiro de 2020 foi inaugurado o CMEI “José Carlos Maldi”. Faleceu no dia 10 de março de 2004, deixando um legado como profissional e cidadão do bem.