ASSALTO BRUTAL

Idosa vítima de assalto brutal dentro de casa em Paraíso

Aos 96 anos, mulher foi amarrada e agredida com soco; ladrão levou dinheiro, joias e objetos pessoais
Por: Ralph Diniz | Categoria: Polícia | 15-05-2024 04:00 | 3741
Foto: Arquivo

Uma idosa de 96 anos foi brutalmente assaltada dentro de sua própria casa no bairro Lagoinha, em São Sebastião do Paraíso, na madrugada de sábado, 11. O autor se aproveitou que a vítima deixava as portas da residência destrancadas devido à idade avançada para invadir o local e cometer o crime.

Segundo informações, por volta das 2h30, um homem invadiu a residência situada à rua Dr. Placidino Brigagão, entrando pela porta dos fundos da casa. A idosa despertou com o barulho e, ao acender as luzes, foi atacada com um soco na cabeça. Em seguida, ela foi enforcada e ameaçada com uma faca de cozinha. Na sequência, o autor amarrou as mãos e pés da senhora com peças de roupa e ainda a vendou.

Em seguida, o ladrão subtraiu uma quantia de R$1,2 mil que estava escondida sob o travesseiro da mulher, além de diversos itens de valor, incluindo uma televisão, um relógio de pulseira branca, duas correntinhas (uma delas com o nome da vítima gravado), um anel e uma aliança, todos de ouro, além de uma caixa contendo discos antigos. Logo depois, ele fugiu.

Uma testemunha avistou a idosa amarrada e pedindo socorro e chamou um vizinho que costuma prestar serviços ocasionais para a idosa. Este acionou o 43º Batalhão de Polícia Militar e entrou na casa e conseguiu libertar as mãos dela antes da chegada da equipe, que desamarrou seus pés. A sede da PM fica a poucos metros da residência invadida.

A idosa, que frequentemente ajuda pessoas necessitadas e faz doações, acredita ter sido vítima de alguém que conhecia sua rotina e sua condição vulnerável. Para a PM, ela descreveu o invasor como sendo um homem de estatura aproximada de 1,80 metro e vestindo calças bege sujas e boné azul claro. As autoridades, após serem acionadas, realizaram diligências e conseguiram obter imagens de câmeras de segurança, que flagraram o suspeito nas proximidades. Contudo, até o fechamento desta reportagem, ele ainda não havia sido capturado.