AGRONEGÓCIOS ESPECIAL COLHEITA

Geadas podem atingir lavouras de café

Produtores entram em estado de atenção para os próximos dias, que devem ser de chuva e frio intensos, de acordo com a Climatempo
Por: Redação | Categoria: Agricultura | 14-05-2022 18:26 | 418
Foto: Reprodução

As previsões do tempo estão aumentando cada vez mais as chances de um novo episódio de geadas em áreas extensas de café, assim como foi no ano passado. De acordo com o agrometeorologista da Clima-tempo, Celso Oliveira, a tendência é de chuva e frio intensos.

Apesar de um centro de alta pressão fraco, a corrente de jato em uma direção favorável ao declínio da temperatura e a presença de um ciclone extra-tropical em alto mar empurram a onda de frio sobre o centro e sul do Brasil, explica o especialista.

“Com temperaturas perto ou até atingindo 0ºC, a chance de geadas aumenta em áreas produtoras do Paraná, além das baixadas, áreas de borda, em pés de café mais novos e áreas onde a face esteja voltada para o quadrante sul na Mogiana, Sul de Minas Gerais e Cerrado de Minas Gerais”.

Por outro lado, o analista de mercado e Diretor da Pharos Consultoria Mercado de Café, Haroldo Bonfá afirma que na região da Mogiana e no Sul do estado mineiro, o café está vindo de uma fase de pouca chuva e temperaturas altas. Isso proporcionou um amadurecimento precoce, e consequentemente, uma antecipação dos cafeicultores para colher esse grão.

“Muitos produtores de café arábica estão no campo realizando a colheita. Se a temperatura baixa se confirmar na próxima semana a ponto de acontecer geada, esse café que está sendo colhido não irá ser impactado de forma perigosa. Para os cafezais que ainda não iniciaram a colheita onde as árvores estão bem cheias, com frutos verdes, as folhas acabam protegendo o frutos e não haveria perda”, avalia o especialista.

A temperatura prevista diminuiu em Minas Gerais nos seguintes municípios: para 2°C em Três Pontas, 3°C em Campos Gerais, 4°C em Machado e 4°C em Patrocínio na próxima semana. No Estado de São Paulo, estimam-se 2°C em Pedregulho e Franca, 3°C em Garça e 4°C em Caconde na quarta-feira (18/05). Já no Paraná, a temperatura alcança 4°C em Carlópolis, 2°C em Pinhalão e 0°C em Ibaiti no dia no mesmo dia.

“Será uma onda de frio muito intensa para o mês de maio e várias cidades podem bater recordes de muitos anos. Na capital paulista, por exemplo, a temperatura mínima pode ficar abaixo de 10°C no dia 19 de maio”, alerta a Climatempo.
(Com informações da Redação do Globo Rural)