ACIDENTE

Motociclista de Paraíso sofre acidente no entroncamento da AMG-2420 com a MG-050

Por: Roberto Nogueira | Categoria: Acidente | 23-05-2022 14:11 | 685
Com o impacto da batida motociclista foi arremessado a vários metros de distância do local do acidente
Com o impacto da batida motociclista foi arremessado a vários metros de distância do local do acidente Foto: Divulgação/ Corpo de Bombeiros

Um motociclista de 50 anos, morador da zona rural de São Sebastião do Paraíso sofreu um acidente considerado grave na tarde de domingo, 22. O caso foi registrado no entroncamento das rodovias AMG-2420 com a MG-050.  A vítima teve fratura da clavícula e foi encaminhada para a Santa Casa socorrido pelo resgate do Corpo de Bombeiros.

Conforme informações divulgadas pelo 2º Pelotão do Corpo de Bombeiros, o homem de 50 anos viajava em uma Honda CBR de mil cilindradas, no sentido de Pratápolis para São Sebastião do Paraíso. O acionamento do socorro ocorreu por volta das 13h40. O acidente supostamente teria ocorrido com a colisão contra a guia, nas proximidades do entroncamento com a MG-050.

Informações iniciais dão conta de que com o impacto o condutor da moto foi projetado a grande distância. Ele escorregou pela pista de rolamento e somente e conseguiu parar na margem oposta do trevo.

O motociclista foi encontrado consciente, mas estava desorientado e com dificuldade respiratória. Durante o atendimento foi identificada uma fratura aberta de clavícula e sinais de que pudesse estar evoluindo com pneumotórax hipertensivo. Ele foi removido até a Emergência da Santa Casa de Paraíso e seu quadro foi considerado grave.

Um detalhe que chamou atenção no atendimento da vítima, é que o motociclista utilizava equipamentos de proteção que certamente foram determinantes para que os ferimentos não fossem ainda mais graves ou até mesmo fatais.

A dica dos Bombeiros para este tipo de situação é que a sinalização é fundamental para o atendimento à vítima. Ao deparar com acidente envolvendo motocicleta e com pessoas caídas ao solo, a recomendação é para que se procure primeiramente providenciar a sinalização do lugar. No chão, pessoas feridas e socorristas não são facilmente visualizadas por outros veículos e podem acabar sendo atropelados.