TRÊS PONTAS

Diretores da ACISSP participam da EXPOCAFE em Três Pontas

Missão visitou a exposição como forma de conhecer modelo e forma de promoção do evento. A proposta é realizar uma feira de agronegócios em Paraíso em 2023
Por: Redação | Categoria: Agricultura | 29-05-2022 03:46 | 410
Foto: Reprodução

Diretores da ACISSP (Associação Comercial, Industrial, Agropecuária e de Serviços de São Sebastião do Paraíso) visitaram a feira Expocafé realizada em Três Pontas, região Sul de Minas Gerais. Estiveram presentes o diretor de Agronegócios, Gilson de Souza e o diretor de Exportação Aliomar Fernandes, além do assessor Administrativo Leandro Galvão.

A Expocafé contou com 120 expositores, que apresentaram maquinários, implementos e insumos para a lavoura, além de alternativas para a propriedade, como energia solar. A missão da ACISSP conheceu a estrutura, fez contatos com empresas que marcaram presença no evento e trocaram experiências para a promoção de uma feira de negócios em São Sebastião do Paraíso.

A proposta de uma feira de negócios a ser promovida pela ACISSP nasceu após a realização do dia de campo, em parceria com o Senar, no início do mês de maio. na Fazenda Experimental da Epamig. Na oportunidade foi organizada uma mostra comercial com empresas associadas ligadas ao agronegócio para fazer contato com os produtores rurais e presentes no evento.

"Acredito que, por sermos um polo agropecuário no Sudoeste de Minas Gerais, temos espaço para promover uma feira de negócios com insumos, maquinário, implementos e soluções para o perfil de nossos produtores rurais. A ideia é que possamos gerar oportunidades para nossos associados e para o homem do campo. A proposta é fazermos uma menor, ainda esse ano, e para 2023 seria realizada uma em grandes proporções", comentou o diretor de Agronegócios da ACISSP, Gilson de Souza.

"O ambiente de negócios proporcionado por uma feira como essa realizada em Três Pontas pode facilitar contatos para promovermos a exportação, que é um dos nossos objetivos. Facilitar o envio de nossos produtos para todas as partes do mundo como forma de agregar valor e aumentar a renda, nesse caso, do homem do campo", analisou o diretor de Exportação, Aliomar Fernandes.
(ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO ACISSP/CDL)