PRÊMIO

E.E.Paraisense e duas escolas da 35ª SRE recebem Prêmio Escola da Transformação

Por: Roberto Nogueira | Categoria: Educação | 11-06-2022 09:48 | 1775
Do município sede da 35ª SRE a E.E.Paraisense foi a única premiada
Do município sede da 35ª SRE a E.E.Paraisense foi a única premiada Foto: Divulgação

A Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais (SEE/MG) divulgou a lista das escolas premiadas na primeira edição do Prêmio Escola Transformação 2022. A iniciativa reconhece práticas e experiências positivas implementadas pelas escolas estaduais de Minas no processo de melhoria da qualidade do ensino público. Nesta primeira fase, foram distribuídos 355 prêmios de menção honrosa pelas maiores participações na Avaliação Diagnóstica realizada em março. Ao todo, foram contempladas 252 escolas estaduais dos anos iniciais e finais do ensino fundamental e do ensino médio. Três escolas da área de abrangência da 35ª SRE (Superintendência Regional de Ensino) foram premiadas.

O Prêmio Escola Transformação 2022 é dividido em três edições. Ainda neste ano, serão realizadas mais duas edições, as próximas com distribuição de premiações em recursos financeiros para o desenvolvimento de projetos pedagógicos. A iniciativa vai distribuir até R$ 105 milhões em premiações para escolas da rede estadual - cerca de 350 prêmios em cada edição, sendo a primeira apenas com menção honrosa.

Na região da 35ª SRE foi premiada a E.E. Paraisense, de São Sebastião do Paraíso, contemplada nos Anos Finais do Ensino Fundamental. Na abrangência regional também foram premiadas as escolas estaduais Coronel João Ferreira Barbosa, de São Pedro da União; e E.E. Nossa Senhora Aparecida, de Guaxupé.

Nesta primeira fase, foram distribuídos 351 prêmios de menção honrosa pelas maiores participações na Avaliação Diagnóstica realizada em março. Ao todo, foram contempladas 283 escolas estaduais dos anos iniciais e finais do ensino fundamental e do ensino médio. 

Para a superintendente de Avaliação Educacional da SEE/MG, Júlia Drumond, é possível fazer uma avaliação positiva da iniciativa. Ela destaca a importância de premiar as escolas, incentivar o desenvolvimento de projetos pedagógicos e boas práticas de ensino na rede estadual.

Na segunda edição, serão distribuídos até 350 prêmios para escolas que obtiverem melhores resultados no Índice Escola Transformação (Inest) nas categorias: maiores pontuações no Inest- 2 e maiores variações percentuais positivas entre o Inest-1 e o Inest-2. O Inest é obtido por meio do produto de dois indicadores - fluxo escolar e desempenho - gerando um resultado por nível de ensino. O Inest-1 será calculado a partir dos resultados da avaliação diagnóstica e das informações sobre nota e frequência dos estudantes no primeiro bimestre.

Já o Inest-2, a partir dos resultados da primeira avaliação trimestral e das informações sobre nota e frequência dos estudantes no primeiro e segundo bimestres, conjuntamente. Por fim, o Inest-3 será calculado a partir dos resultados da segunda avaliação trimestral e das informações sobre nota e fre-quência dos estudantes no primeiro, segundo e terceiro bimestres, conjuntamente.

No ano passado, o Prêmio Escola Transformação distribuiu mil prêmios a unidades de ensino que obtiveram os melhores resultados e os maiores crescimentos nos indicadores de fluxo e de aprendizagem, nas três edições realizadas ao longo do ano.