ESPAÇO SAÚDE

Colesterol bom e ruim você sabe a diferença?

Por: Redação | Categoria: Saúde | 13-07-2022 09:56 | 230
Dra Leticia de Oliveira Médica Nefrologista e  Clínica Médica Lucano Clínicas
Dra Leticia de Oliveira Médica Nefrologista e Clínica Médica Lucano Clínicas Foto: Arquivo

As gorduras no nosso corpo são distribuídas no sangue como colesterol (gordura) dividida entre colesterol bom HDL e colesterol ruim LDL.

As gorduras são essenciais para o funcionamento do nosso organismo. Elas participam da formação de nossas células, da produção de vitaminas, da produção de hormônios e ácidos biliares.

E colesterol alterado, da algum sintoma?

O alto nível de colesterol pode não causar nenhum sintoma. A doença é silenciosa e a única forma de identificar é com exames de sangue. Por isso, o melhor caminho é fazer visitas regulares ao médico e se prevenir. Vamos entender melhor?

O principal fator de predisposição do colesterol LDL (ruim) elevado é a genética. Se você tem parentes diretos que tenham tido problemas cardiovasculares, vale ficar alerta. Mas há outros fatores de risco, como obesidade, diabetes, hipertensão, tabagismo, sedentarismo e estresse.

A Sociedade Brasileira de Cardiologia recomenda realizar exames preventivos na seguinte frequência:

A partir dos 20 anos, com intervalo de 5 anos para quem não tem fatores de risco.

Avaliação com profissional desde a infância, para quem tem histórico de hiper-colesterolemia - alta taxa de colesterol no sangue - na família.

Em ambos os grupos, para pessoas com ou sem fatores de risco, a prevenção é essencial. Além da orientação especializada de um médico, é indicada a prática de atividade física regular e uma dieta balanceada.

O LDL, lipoproteina de baixa densidade designado como mau colesterol, transporta o colesterol do fígado para o resto do corpo, e pode se acumular nas paredes das artérias, contribuindo para aterosclerose e assim aumentando  risco de infarto, derrame ou obstrução de qualquer vaso em nosso corpo.

Enquanto o HDL, lipoproteina de alta densidade, também denominado de bom colesterol, faz o caminho inverso. Transporta o colesterol das artérias e corrente sanguínea para o fígado, onde é depositado, degradado e posteriormente eliminado.

No último estudo publicado em maio de 2022 pela JAMA Cardiology (importante jornal de cardiologia de renome internacional)  afirma-se que níveis de HDL acima de 80 podem também representar risco aumentado de infarto e obstrução de vasos do coração. Tanto em pessoas já acometidas por problemas cardíacos quando em pessoas saudáveis.

Portanto, o ideal é buscar níveis adequados das gorduras do sangue. Consumindo menor quantidade de frituras, carnes gordas e açucares em geral. Mantendo atividade física regular e caso necessário lançar mão de tratamento medicamentoso.

Valores para adultos em mg/dl:

colesterol total: menor que 200

LDL menor que 130 (desejável)  menor que 100 (ótimo)

HDL maior que 40 (homens) maior que 50 (mulheres)

E em pacientes diabéticos os valores pretendidos são ainda menores.

Alimentos bons e ruins para o colesterol:

O total de 30% do colesterol do nosso corpo vem da alimentação e, por isso, essa é uma parte importante na prevenção do aumento do nível de colesterol ruim no sangue. Uma dieta rica em alimentos como legumes, verduras, frutas e grãos é essencial.

Por outro lado, alguns alimentos devem ser evitados ou consumidos com moderação, pois contribuem para esse aumento na taxa de LDL. Entre esses, há dois grupos principais:

Alimentos com alta taxa de colesterol: são aqueles de origem animal, como carne, leite, gema de ovo, pele de frango, salame, salsicha e outros.

Alimentos com gorduras saturadas: são aqueles industrializados, como biscoitos recheados, chocolates ou alguns alimentos vegetais gordurosos como banha de coco e azeite de dendê.

Portanto, visite regularmente seu médico de confiança. Se cuide. E lembre-se que a prevenção é sempre o melhor caminho.

Fonte: Duarte Lau F; Giugliano RP. Lipoprotein and its Significance in Cardiovascular Disease: A Riview. JAMA Cardiol. Published online May 18, 2022. doi: 10.1001/jamacardio. 2022. 0987

Dra Leticia de Oliveira

Nefrologia e Clínica Médica
Atendimentos presenciais, telemedicina, visitas domiciliares e MAPA 24 h.

Redes sociais:

@draleticianefro (Instagram)
Dra Leticia de Oliveira Nefrologia e Clínica Médica (Facebook)

Lucano Clínicas

Rua Tenente José Joaquim, 555 - Centro - São Sebastião do Paraíso - Minas Gerais
Telefones: (35) 35312607, 3531-4723, 99962-8084