CHIKUNGUNYA / ZIKA / DENGUE

Além de dengue, Paraíso têm casos de Zika e Chikungunya

Por: Roberto Nogueira | Categoria: Saúde | 26-07-2022 10:35 | 1097
Em função dos casos causados pelo mosquito aedes aegypti Paraíso realiza neste sábado mais um mutirão de limpeza
Em função dos casos causados pelo mosquito aedes aegypti Paraíso realiza neste sábado mais um mutirão de limpeza Foto: Divulgação

A Secretaria de Estado da Saúde de Minas Gerais divulgou no final da manhã de sexta-feira,22, mais um Boletim Epidemiológico referente aos casos de doenças causadas pelo mosquito aedes aegypti. São Sebastião do Paraíso aparece na relação entre os municípios onde foram registradas pessoas infectadas com dengue, zika vírus e chikungunya. Para tentar conter o avanço de novos casos o município realiza no sábado,23, mais um mutirão de limpeza.

De acordo com a SES/MG até o dia 19 de julho, Minas Gerais registrou 86.866 casos prováveis (casos notificados exceto os descartados) de dengue. Desse total, 55.486 casos e 39 óbitos foram confirmados pela doença em Minas Gerais. E 47 óbitos são investigados até o momento. A secretaria também esclarece que os óbitos são contabilizados a partir dos municípios de notificação. Dos 39 óbitos confirmados para dengue, 3, embora sejam residentes de Minas Gerais, foram notificados em outros estados. Por essa razão, a tabela com detalhamento por cidade contabiliza 36 óbitos.

Em relação à febre chikungunya, foram registrados 7.607 casos prováveis da doença, dos quais 4.085 foram confirmados. Até então, não há nenhum óbito confirmado por chikungunya em Minas Gerais, e um segue em investigação.

Quanto ao vírus zika, foram registrados 70 casos prováveis, sendo 18 confirmados para a doença. Não há óbitos por Zika em Minas Gerais até o momento.

De acordo com o boletim apresentado, em São Sebastião do Paraíso foram registrados 1.681 casos de dengue, quatro de chikungunya e seis de Zica vírus. Não há registros de mortes na cidade provocada por doenças causadas a partir do mosquito aedes aegypti. Ainda conforme a secretaria estadual os gestores públicos e toda a população estão em alerta quanto a proliferação de novos casos no estado.

Como forma de mitigar os efeitos que podem causar estas enfermidades a Prefeitura de Paraíso através da Vigilância em Saúde realiza neste sábado,23, mais um mutirão de limpeza. Serão atendidas as regiões dos bairros Jardim Planalto, Ouro Verde e Vila Formosa.

Além dos agentes sanitários também haverá postos para o recolhimento de materiais recicláveis em parceria com a Cidassp (Consórcio Intermunicipal para o Desenvolvimento Sustentável da Região de São Sebastião do Paraíso) e também da Acassp (Associação dos Catadores de São Sebastião do Paraíso).

No dia da ação é recomendado para que os moradores retirem de casa todo o entulho que possa servir de criadouro do mosquito e coloque na porta de sua casa, onde o da limpeza e os agentes passarão para fazer a coleta.

Ainda de acordo com a SES/MG a população está concentrando esforços no combate ao coronavírus, mas não pode se esquecer dos cuidados para evitar a proliferação do mosquito Aedes aegypti, que transmite a dengue, a chikungunya e a zika, uma vez que os casos de internação podem aumentar, causando problemas ao sistema de saúde.

Pontos de retenção de água favorecem a proliferação do mosquito transmissor dos vírus da dengue, zika e chikungunya