RECUPERAÇÃO

DER-MG inicia recuperação de trecho da MCG-491

Chuva ocorrida no dia 1º de fevereiro causou grande deslizamento de terra em acostamento próximo ao aeroporto municipal
Por: Ralph Diniz | Categoria: Transporte | 26-05-2023 10:57 | 1332
Equipe do DER-MG trabalha  na recuperação do aterro danificado pelo deslizamento de terra
Equipe do DER-MG trabalha na recuperação do aterro danificado pelo deslizamento de terra Foto: Ralph Diniz

O Departamento de Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DER-MG) deu início às obras de recuperação do trecho da Rodovia MCG-491, danificado por um grande deslizamento de terra em 1º de fevereiro deste ano. Os trabalhos devem ser concluídos em até 75 dias.

Por meio de sua assessoria de comunicação, o DER-MG informou que as obras no trecho situado na altura do KM 7 da rodovia, entre o Aeroporto Joaquim Montans Jr. e a entrada do Condomínio Campo Alegre, tiveram início no dia 12 de maio.

Os trabalhos, conforme explicou em nota, estão atualmente concentrados no empedramento para compor a fundação da base do aterro.

Ainda segundo o departamento estadual, a recuperação definitiva do aterro só pôde iniciar após o término do período chuvoso, devido a questões técnicas que envolvem a compactação da base, tarefa que só pode ser realizada com o solo seco e sem a umidade da água das chuvas. “O prazo para a conclusão da recomposição do aterro e a reabertura da pista é de 60 a 75 dias”, completa a assessoria.

O incidente ocorreu nas primeiras horas da manhã de 1º de fevereiro, depois que a enxurrada forçou e rompeu o talude existente no trecho da rodovia, provocando o deslizamento de uma parte da pista para o fundo de um barranco de cerca de 20 metros de altura. O trânsito foi interrompido nos dois sentidos por mais de seis horas, até que engenheiros do DER-MG avaliaram o local e liberaram parte da pista. A Prefeitura de São Sebastião do Paraíso auxiliou na remoção da terra e outros detritos do local.

“Na ocasião, para evitar uma interrupção total do tráfego, o DER-MG deslocou o eixo da rodovia, mantendo assim as duas faixas com tráfego liberado nos dois sentidos. Para a orientação e segurança dos motoristas, foram instaladas placas de sinalização e pintadas faixas. Além disso, quebra-molas foram implantados nos dois sentidos da via para auxiliar na redução da velocidade dos veículos”, conclui o departamento.