DENGUE

Números da dengue continuam caindo em Paraíso

Na última semana, casos prováveis chegaram a 124, um dos menores desde o início do surto da doença. Ações de combate continuam
Por: Ralph Diniz | Categoria: Saúde | 03-06-2023 21:32 | 864
Foto: Reprodução

Os casos prováveis de dengue continuam em queda em São Sebastião do Paraíso e apresentaram um dos menores números registrados em uma semana desde o início do ano. Todavia, a Coordenadoria de Vigilância em Saúde continua com as ações para combater a doença no município.

Segundo os dados mais recentes apresentados pela Secretaria de Saúde, entre os dias 21 e 27 de maio, foram registrados 124 casos prováveis da doença em Paraíso, menos da metade do que havia sido contabilizado na semana anterior: 259 entre 14 e 20/5. O boletim divulgado ainda mostra a melhora da situação nas últimas quatro semanas epidemiológicas. De 30 de abril a 6 de maio, foram 457 notificações, e entre os dias 7 e 13 do mês passado, 423.

Os casos prováveis são aqueles em que os pacientes procuram o sistema de saúde apresentando sintomas da doença. Segundo Luciano Santana, responsável pelo Departamento Municipal de Controle de Zoonose, a redução desses números é um alento para a população e para os profissionais de saúde, que enfrentaram grande demanda na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) durante o período crítico do surto.

No mais, os dados ainda mostram que os casos confirmados da doença também estão em queda: 88 nos últimos sete dias, contra 122 da semana epidemiológica anterior. Agora, Paraíso tem registrado desde o dia 1º de janeiro 6701 casos prováveis de dengue, sendo 2541 positivos e 1007 negativos. Além disso, 2099 pessoas ainda aguardam resultados ou agendamento da coleta de sangue para exame, e 1054 se recusaram ou faltaram ao teste laboratorial. Nesta semana, mais duas mortes pela doença foram confirmadas pela prefeitura. Agora, são cinco óbitos reconhecidos pelo município desde o início de 2023.

Luciano Santana ressalta que, apesar das constantes baixas nos números, a situação da dengue no município ainda inspira cuidados. Diante disso, a equipe de agentes epidemiológicos continua trabalhando para eliminar os focos do mosquito aedes aegypti. “Com a queda nos números de notificações, aos poucos, voltamos a trabalhar toda a cidade simultaneamente. Os agentes começaram um trabalho de conscientização e eliminação dos focos no sábado passado e vão continuar neste final de semana. Além disso, continuamos com palestras nas escolas e mutirões de limpeza nos bairros”, comenta.

Neste sábado, haverá um mutirão de limpeza no Condomínio Cachoeira. Além de recolher os objetos deixados pelos moradores em frente aos imóveis, os agentes, mediante autorização dos proprietários, também poderão entrar nos quintais para recolher os materiais que possam servir de criadouro para o mosquito e eliminar pontos de água parada nos locais.