ACIDENTE MGC-491

Charreteiro fica gravemente ferido em acidente na MGC- 491

Veículo de tração animal conduzido por idoso foi atingido por caminhonete na manhã de quarta. Vítima está hospitalizada
Por: Ralph Diniz | Categoria: Acidente | 15-06-2023 10:53 | 5315
Com o impacto, charrete foi arremessada e caiu sobre a vítima. Homem foi retirado pelos bombeiros e populares
Com o impacto, charrete foi arremessada e caiu sobre a vítima. Homem foi retirado pelos bombeiros e populares Foto: Reprodução

Um homem de cerca de 70 anos ficou gravemente ferido após a charrete que conduzia ser atingida por uma caminhonete na rodovia MGC - 491, em São Sebastião do Paraíso, na manhã desta quinta-feira, 15. O acidente ocorreu por volta das 6h, no perímetro urbano da rodovia, próximo ao trevo de acesso à BR - 265.

De acordo com o 2º Pelotão de Corpo de Bombeiros, que foi acionado para socorrer a vítima, o charreteiro estava na pista esquerda da rodovia, sentido bairro João XXIII, quando mudou repentinamente para a pista direita, possivelmente para evitar um caminhão que vinha atrás. Nesse momento, a caminhonete que seguia logo atrás na pista direita não conseguiu frear e colidiu na traseira da charrete.

Com o impacto, o homem foi arremessado e ficou preso debaixo da charrete. Os bombeiros, com a ajuda de populares, conseguiram retirar a charrete de cima da vítima, que apresentava traumatismo craniano grave, suspeita de trauma de tórax e abdômen, corte contuso no crânio e escoriações nas mãos.

A vítima foi encaminhada em estado grave para o setor de Emergências da Santa Casa de Misericórdia. O homem não portava documentos e não foi possível identificá-lo até o fechamento da reportagem. Ele transportava uma pequena quantidade de leite in natura em garrafas pet.

O animal que puxava a charrete, um burro, também ficou ferido e foi atendido por um veterinário. A Polícia Militar esteve no local e acionou a Polícia Rodoviária e a Perícia Técnica da Polícia Civil para as providências cabíveis. O condutor da caminhonete não se feriu e prestou depoimento à polícia.