CÂMPUS PARAÍSO

Projeto da UFLA leva conhecimento sobre robótica a estudantes de escolas públicas 

Por: . | Categoria: Educação | 04-07-2023 13:38 | 1097
Foto: Reprodução UFLA

Um projeto do Câmpus da Universidade Federal de Lavras (UFLA) em São Sebastião do Paraíso está levando conhecimentos sobre programação de microcontroladores (Arduino) a estudantes do Ensino Médio de escolas públicas. A ação, que promove minicursos para estudantes de 14 e 15 anos, teve início no dia 24/6, na Escola Estadual Clóvis Salgado. A previsão é que, ao longo deste segundo semestre, sejam ofertadas aulas semanais com até quatro encontros, para turmas de cerca de 30 alunos, também para as demais escolas com Ensino Médio do município.

O coordenador do projeto, professor Henrique Luis Moreira Monteiro, explica que o objetivo inicial foi proporcionar aos alunos um primeiro contato com o Arduino, apresentando o ambiente de teste e programação, bem como as funcionalidades de cada componente.

“Usando o Arduino, uma plataforma programável de desenvolvimento de projetos eletrônicos, de placa única e hardware livre, os participantes também terão a oportunidade de criar objetos interativos e independentes, explorando o mundo da tecnologia”, destaca. 

O projeto de extensão Arduino é desenvolvido por professores e estudantes membros do Núcleo de Estudos voltado para a Eletrônica e  Robótica (Neero) do Instituto de Ciência, Tecnologia e Inovação (Ictin-UFLA), que tem como objetivo a realização de eventos, capacitações, mostras e o desenvolvimento de projetos voltados à robótica e à eletrônica. 

Ainda de acordo com a coordenação do projeto, depois da primeira etapa, que apresenta  conhecimentos básicos de programação, os alunos poderão desenvolver projetos práticos de automação, aplicando os conhecimentos que aprenderam. 

“O Arduino foi escolhido por ser uma plataforma fácil e prática, além de poder ser aplicado a um grande universo de projetos de eletrônica e robótica. Ele é uma “porta de entrada” para os estudantes no universo da eletrônica e robótica”, ressalta Henrique. 

A próxima escola a receber o minicurso será a Escola Estadual Paula Frassinetti, com aulas previstas para o final do mês de julho. Como próximos passos, a ideia é expandir para todas as escolas da rede pública do município e da região. 

A ideia do projeto surgiu com o início das atividades no Câmpus Paraíso, de modo a estimular a criatividade e trabalhar conceitos de programação e eletrônica com alunos do primeiro período do Bacharelado Interdisciplinar em Inovação, Ciência e Tecnologia (BICT). A partir daí, surgiu a motivação para levar à comunidade o conhecimento adquirido pelos estudantes no desenvolvimento de projetos, utilizando o Arduino.

Após o início das atividades com os alunos das escolas públicas, houve o interesse da Superintendência Regional de Ensino de São Sebastião do Paraíso (SRE S S Paraíso), para que o curso de Arduino fosse ofertado para a capacitação de professores das escolas estaduais da região. Com isso, a partir de julho, terá início a primeira turma de professores voltada ao desenvolvimento de projetos utilizando a plataforma Arduino. 

“Hoje, as escolas podem contar com kits de robótica para o desenvolvimento de diversos projetos. Com isso, é perceptível a importância de espaços para que os professores possam compartilhar ideias e se capacitarem. Dessa forma, além de oferecer minicursos aos estudantes, também estamos desenvolvendo um projeto com os professores da rede pública”, conta o coordenador, destacando que, inicialmente, cerca de 20 professores devem participar da capacitação, com início na primeira semana de julho. (por Alana Karina Vieira de Freitas)