FINAL DE SEMANA

Incêndios no final de semana deixam feridos em Paraíso

Veículo em chamas na MCG-491 e casa incendiada no Rosentina resultam em vítimas com queimaduras de 1º grau
Por: Ralph Diniz | Categoria: Acidente | 03-10-2023 09:23 | 2137
Foto: Arquivo

A madrugada de segunda-feira, 2, foi de muito trabalho para o 2º Pelotão do Corpo de Bombeiros de São Sebastião do Paraíso, que teve que atender a dois de incêndio com vítimas. Um homem e uma criança de 6 anos sofreram queimaduras e precisaram ser hospitalizadas.

A primeira ocorrência foi registrada por volta da 0h15, quando um veículo VW/Jetta pegou fogo na rodovia MGC-491, próximo ao Km 10, no sentido Itamogi. Ao chegarem no local, os militares se depararam com o automóvel estacionado no acostamento inteiramente consumido pelo fogo. Desesperado, o condutor de 50 anos, morador de Paraíso, tentou abrir o capô do carro e acabou sofrendo queimaduras de primeiro grau no rosto e nas mãos.

A vítima foi atendida por uma equipe do SAMU, que a conduziu para Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Paraíso. Enquanto isso, os bombeiros combatiam as chamas, utilizando cerca de 700 litros de água. A ação durou cerca de duas horas. A perda do veículo foi total, e a perícia técnica da Polícia Civil foi acionada para investigar o incidente.

E a noite dos militares de plantão estava longe de acabar. Às 3h20, um novo chamado direcionou a equipe a uma casa no bairro Rosentina, onde o fogo havia comprometido a mobília de um quarto. Graças à rápida intervenção da guarnição, as chamas não atingiram outros cômodos do imóvel. Foram necessários três mil litros de água e aproximadamente uma hora de trabalho para garantir que o fogo fosse completamente apagado e a segurança da estrutura reestabelecida.

O incêndio causou danos parciais à residência, incluindo a destruição de uma cama de casal, colchão, berço, televisão e guarda-roupa. Ainda, objetos como uma geladeira, armário de cozinha e micro-ondas foram parcialmente afetados devido ao calor extremo.

Quatro moradores foram intoxicados pela fumaça. Dentre eles, uma criança de seis anos sofreu queimadura de primeiro grau em seu pé direito. Todos foram prontamente atendidos e encaminhados para UPA pelo SAMU.

A causa do incêndio permanece incerta. Peritos da Polícia Civil e agentes da Defesa Civil Municipal atuaram na investigação e na avaliação dos danos. As vítimas receberam atendimento médico e receberam alta.