POESIA

Finados

Por: María Amélia Leal | Categoria: Cultura | 04-11-2023 00:02 | 1237
Foto: Arquivo

Os nossos entes queridos
De muitas formas vividos
As partes de nossas vidas
Que não são esquecidas! 

São os pais, amigos, irmãos
Pessoas que deram as mãos
Parentes de sangue ou não,
Deixaram vazio no coração! 

Descansem na eternidade,
Nossa reverência e saudade!
Honrando os antepassados
Pelas atenções e cuidados!

Rogamos pelos inocentes
De guerras tão frequentes
Pelas vítimas da violência
Praticada sem clemência! 

Rogamos força aos viventes
Para união entre as gentes,
Sem morte por antecipação
Com naturalidade a missão!

(María Amélia Leal)
Escrivã aposentada, professora, advogada

Em 02.11.2023