TAÇA PARAÍSO

Juventude vence de virada e está classificado para a final da Taça Paraíso

Com dois pênaltis perdidos e muita emoção, segunda semifinal da Série A foi realizada na noite de terça-feira, 12
Por: Ralph Diniz | Categoria: Esporte | 14-12-2023 10:48 | 2000
Jogadores e comissão técnica do Juventude comemoram a classificação para a final depois da vitória por 2 a 1 contra o Mococquinha
Jogadores e comissão técnica do Juventude comemoram a classificação para a final depois da vitória por 2 a 1 contra o Mococquinha Foto: Divulgação

Estão definidos os finalistas da Série A da Taça Paraíso 2023. Na noite de terça-feira, 12, o Juventude derrotou a equipe do Mocoquinha de virada, por 2 a 1, e agora decidirá o título contra o Itamarati no próximo domingo, 17. Como sempre tem acontecido nesta edição do torneio de futebol amador, a partida foi emocionante do princípio ao fim.

Depois de se passarem por verdadeiras batalhas nas quartas de final, conquistando a classificação na disputa de pênaltis, Juventude Esporte Clube e Mocoquinha Futebol Clube entraram em campo no Estádio 1º de Maio com um único objetivo em mente: a vitória. E isso ficou bem claro logo no início do jogo, com as duas equipes se lançando ao ataque em busca do gol.

O Mocoquinha começou a partida melhor, tendo uma boa chance de gol nos primeiros instantes. E o fruto de tanta dedicação ofensiva veio aos 8 minutos, depois de um chutão do zagueiro que se transformou em lançamento para João Paulo. Ele ganhou em velocidade do defensor adversário e tocou para o fundo do gol.

A vantagem no placar não diminuiu o ímpeto do Mocoquinha, que seguiu dando muito trabalho ao goleiro Tiago. Em uma cobrança de falta na entrada da grande área, o arqueiro fez uma grande defesa e impediu que o prejuízo fosse ainda maior nos primeiros minutos da semifinal.

Na sequência, o Mocoquinha teve outra oportunidade de abrir vantagem depois que o árbitro Jeferson de Oliveira pegou um toque de mão do jogador Clodoaldo. João Paulo colocou a bola na marca da cal, mas concluiu por cima do gol, desperdiçando a chance.

O susto surtiu efeito no Juventude, que assumiu postura mais ofensiva em busca do empate. Depois da cobrança de um escanteio dentro da área, a bola tocou na mão do zagueiro do Mocoquinha e o árbitro, mais uma vez, não teve dúvidas em assinalar o pênalti. Artilheiro da equipe, Thiago assumiu a responsabilidade da cobrança, mas chutou a bola na trave. No rebote, o ataque acabou cometendo falta.

Apesar da frustração do pênalti desperdiçado, o Juventude conseguiu assumir maior protagonismo no jogo e só não conseguiu empatar porque a defesa do Mocoquinha conseguiu segurar o ataque adversário até o final do primeiro tempo.

O cenário continuou o mesmo nos primeiros minutos da segunda etapa, com o Juventude tomando a iniciativa e o Mocoquinha tentando aproveitar os contra-ataques cedidos. Aos 9 minutos, Thiago Oliveira cobrou uma falta dentro da área, e Thiago Papaléguas apareceu por de trás dos defensores e cabeceou para o gol, sem chances para o goleiro.

Seis minutos depois, uma jogada semelhante culminou na virada do Juventude. Em outra cobrança de falta do mesmo lugar, Thiago Oliveira lançou a bola na área e o zagueiro Weder Coruja subiu mais que os adversários e concluiu de cabeça para o gol.

O revés ligou o sinal de alerta no Mocoquinha, que tentou buscar o empate, mas parou em um sistema defensivo bem armado pelo adversário. A pressão ofensiva perdurou até os últimos instantes, mas não foi o bastante. Depois de dez minutos de acréscimos, o árbitro apitou pela última vez, decretando a vitória e a classificação do Juventude, para a alegria de dezenas de torcedores que compareceram no “Campo do Operário”.

Juventude e Itamarati fazem a final da Série A da Taça Paraíso neste domingo, 17, às 14h30, no Estádio Comendador João Alves. A entrada é franca. Após a decisão, haverá a premiação do campeão, vice, além dos destaques individuais, como artilheiro, melhor jogador e melhor goleiro do campeonato. Segundo a organização do torneio, não haverá disputa entre os perdedores das semifinais. O Mocoquinha, terceiro colocado da competição por ter feito melhor campanha que o Termópolis, também receberá seu troféu.