CÂMERA DE SEGURANÇA

Equipamento instalado na MCG-491 gera confusão entre motoristas

Objeto próximo ao trevo de acesso a Itamogi é uma câmera de segurança, não um radar
Por: Ralph Diniz | Categoria: Transporte | 29-12-2023 16:19 | 1964
Foto: Reprodução Rede Sociais

Uma nova instalação nas proximidades do trevo de acesso ao município de Itamogi, localizado à margem da rodovia MCG-491, causou curiosidade e preocupação entre condutores da região nesta semana, pois acreditava-se que o dispositivo recém-instalado era um radar de velocidade oculto.

O assunto ganhou repercussão nas redes sociais e alertas para as pessoas tomarem cuidado com o suposto medidor de velocidade havia sido instalado de forma oculta, a fim de surpreender os motoristas e multar quem trafegasse acima da velocidade permitida naquele trecho da rodovia.

Acontece que, desde novembro de 2021, está em vigor uma resolução do Conselho Nacional de Trânsito que proíbe os radares ocultos nas rodovias brasileiras. A partir daquela data, todo trecho monitorado por radar precisa ser sinalizado e o local deve ser divulgado na internet.

Diante dos questionamentos e críticas dos populares, a reportagem do Jornal do Sudoeste entrou em contato com a EPR Vias do Café, concessionária responsável pela administração da rodovia. A empresa, por meio de sua assessoria de imprensa, informou que o equipamento se trata, na verdade, de uma câmera de segurança instalada pela prefeitura de Itamogi para monitoramento do trecho, que é feito pela Polícia Militar.

Na tarde de sexta-feira, 29, o 43º Batalhão de Polícia Militar de São Sebastião do Paraíso, que também é responsável pelo policiamento no município vizinho, confirmou a instalação da câmera de videomonitoramento próximo ao trevo de acesso à cidade. Segundo a corporação, trata-se de um equipamento capaz de identificar não apenas as placas dos veículos que circulam pelo trecho, como também a face de seus ocupantes.

Ainda segundo a PM, as imagens servem para investigações de crimes, identificação de veículos com registro de furto, serviços de inteligência e a garantia da segurança pública. O sistema de videomonitoramento funciona 24 horas por dia e todos os dias da semana.