DENGUE

Escolas recebem inseticida contra mosquito da dengue antes da volta às aulas

Instituições das redes pública e particular são pulverizadas com permetrina, agente que combate a fêmea do aedes aegypti
Por: Ralph Diniz | Categoria: Saúde | 03-02-2024 04:01 | 657
site Agente de combate a endemias aplica inseticida em uma sala de escola antes de alunos voltarem às aulas
site Agente de combate a endemias aplica inseticida em uma sala de escola antes de alunos voltarem às aulas Foto: Divulgação

Durante esta semana, o Departamento de Vigilância em Saúde realizou a aplicação de inseticida em escolas do município, públicas e privadas, a fim de combater o mosquito transmissor da dengue e possibilitar que os alunos voltem às aulas em segurança a partir da próxima segunda-feira, 5.

De acordo com Luciano Santana, coordenador do Departamento de Controle de Zoonoses, a equipe de combate a endemias realizou a aplicação da permetrina nas instituições de ensino. O inseticida é aplicado por meio do aerosystem, tecnologia que foi adotada pela Prefeitura de Paraíso neste ano como ferramenta de apoio no combate à proliferação de mosquitos que transmitem a dengue, o zika vírus e a chikungunya, pois permite o bloqueio intradomiciliar, eliminando as fêmeas que estão dentro dos imóveis.

Santana, contudo, ressalta que a permetrina não deve ser a única forma de manter o aedes aegypti longe das crianças e jovens durante as aulas, por isso, pede que os pais mandem os filhos para a escola com repelente. “É importante fazer uso do repelente 24 horas, especialmente durante o dia, pois o mosquito é mais diurno, costuma picar mais durante o dia, então o uso repelente é essencial para todos, inclusive, especialmente para aqueles que estão notificados com suspeita de dengue”.

De acordo com dados atualizados da Secretaria Municipal de Saúde, Paraíso registrou até o momento, 69 casos suspeitos de dengue. Destes, 19 casos foram confirmados, 24 apresentaram resultados negativos, enquanto 26 ainda aguardam a conclusão dos exames. Além disso, 12 indivíduos não compareceram para a coleta de sangue, essencial para a confirmação laboratorial.