DOARES

Estoque de sangue O negativo se aproxima do zero e Santa Casa faz apelo a doadores

Campanha de conscientização busca doadores para evitar cancelamento de cirurgias e salvar vidas
Por: Ralph Diniz | Categoria: Saúde | 09-03-2024 14:14 | 1078
Foto: Adair Gomez/Agência Minas

A Santa Casa de Misericórdia de São Sebastião do Paraíso enfrenta uma crise de abastecimento crítica de sangue O negativo, com o estoque praticamente esgotado. A situação, considerada alarmante, pode colocar em risco os atendimentos de urgência e as cirurgias no hospital.

O superintendente Jean Marco do Patrocínio alerta que o hospital dispõe de apenas duas bolsas deste tipo sanguíneo, essencial para atendimentos de politraumatizados que chegam à Santa Casa, além das cirurgias cardíacas, colocando em risco a vida dos pacientes que necessitam de intervenções urgentes.

“Estamos apenas com duas bolsas, e para um caso de politrauma, isso é insuficiente”, declara Patrocínio, evidenciando a gravidade da situação. Com a ausência de hospitais vizinhos para recorrer e sem um ‘plano B’, a Santa Casa enfrenta o desafio de garantir o atendimento adequado aos pacientes que chegam diariamente.

Um exemplo crítico ocorreu na noite de quinta-feira, 7, quando um atropelamento na rodovia MCG-491 levou a uma vítima que, infelizmente, chegou sem vida ao hospital. Este incidente ilustra a precariedade do estoque, que teria sido esgotado se a pessoa tivesse sobrevivido e necessitasse de transfusão.

Além do atendimento de urgência, o estoque limitado de sangue O negativo impacta diretamente a realização de cirurgias e eletivas. “Isso pode influenciar em cirurgias que temos programadas”, explica Patrocínio, ressaltando como a situação afeta a capacidade do hospital de acelerar a fila de espera que existe no município.

A coordenadora biomédica da agência transfusional da Santa Casa, Denise Pádua Fonseca Reis, enfatiza a necessidade de doadores de todos os tipos sanguíneos, especialmente do tipo O negativo, conhecido por sua raridade e universalidade. “O sangue tipo O negativo é o menos comum entre a população e, consequentemente, o mais necessário”, lembra Denise, encorajando a todos que puderem a contribuir com este recurso.

Para facilitar a doação, a Santa Casa organiza transporte gratuito para doadores até Passos todas as quintas-feiras, com partida às 7h e retorno ao meio-dia. Os interessados devem realizar um agendamento prévio, respondendo a um questionário de aptidão e, se necessário, realizar o teste de tipagem sanguínea diretamente no hospital.

A Santa Casa apela à população que está em boa saúde e não enfrentou problemas recentes de saúde como dengue ou COVID-19, que também impactam a elegibilidade para doação, a se mobilizarem nesse momento crítico. Informações sobre a doação de sangue podem ser obtidas pelo telefone e Whatsapp da Santa Casa (35) 3539-1318. O atendimento é 24 horas.