EDUCAÇÃO AGRÍCOLA E SEGURANÇA

CMDRS de Paraíso implementa ações em educação agrícola e segurança

Iniciativas de aprendizado e segurança em pontes rurais colocam o conselho como referência em desenvolvimento rural sustentável
Por: Ralph Diniz | Categoria: Agricultura | 15-06-2024 04:59 | 768
Foto: Arquivo

Recentemente, o Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural Sustentável (CMDRS) de São Sebastião do Paraíso realizou duas ações significativas focadas na educação agrícola e na segurança das estradas rurais. Inclusive, extensionistas, agrônomos e outros especialistas do campo destacam o órgão como um exemplo para os demais em todo País.

A primeira ação aconteceu na Escola Estadual Clóvis Salgado, onde membros do CMDRS, incluindo Marcelo Moraes da Silva (Cela Véia), presidente do conselho, juntamente com Camila Sillos, representante da Emater, e o vereador Luiz Benedito de Paula, presidente da Comissão Municipal de Agricultura, foram convidados a conhecer o curso de Agronomia, a convite do diretor da instituição, João Pedro Menezes Jacinto. “Pudemos ver como tudo é muito organizado, com especial atenção à prática da agricultura, essencial para o curso. Tenho certeza de que a nova geração de que o homem e a mulher do campo do amanhã de Paraíso estarão muito bem preparados”, relata Moraes.

Durante a visita, a escola fez solicitações de recursos para melhorar o equipamento do curso, pedindo mudas de café e figo, além de abelhas sem ferrão. “O conselho rural já conseguiu as mudas de figo, que vamos pegar em julho, quando entraremos no período da poda; as abelhas vamos receber no final do ano, porque tem uma data certa para fazer a retirada do ferrão. Já está tudo acertado”, explica Marcelo. Além disso, o vereador Luiz de Paula comprometeu-se a obter uma emenda para a aquisição de um kit de irrigação e um triturador de galhos, a fim de melhorar a horta escolar e possibilitar a criação de compostagem.

A segunda ação do CM DRS foi focada na segurança das pontes nas estradas rurais, áreas frequentemente afetadas por enchentes sazonais. Em ação conjunta com a Defesa Civil Municipal, liderada por Silvia Helena Duarte, foram instaladas placas de sinalização que alertam sobre os riscos de travessia durante os períodos chuvosos.

“É muito comum as enchentes acontecerem sempre no mesmo lugar, então todo ano tem problema nessas pontes. Ano passado, tivemos três ou quatro pontes levadas por trombas d’água muito fortes”, conta o presidente do conselho. As placas não apenas alertam sobre o risco de enchentes e dão orientações sobre o que fazer no momento de forte chuva, como também fornecem números de telefone da Defesa Civil e do Corpo de Bombeiros para casos de emergência.

A necessidade de instalar as placas foi identificada durante reuniões do conselho com membros das comunidades rurais em 2023, e um levantamento de todas as pontes existentes na zona rural de Paraíso foi realizado. “Com o apoio e a atenção da Silvia, fizemos um trabalho alertando os moradores e outros usuários da estrada que naquele ponto, em tempos de chuva, é perigoso”, destaca Moraes. 

As placas foram instaladas em 14 estradas, incluindo locais como Morro Vermelho, Faxina, Volpes, Termópolis, Água Limpa, Itaguaba e Varões.