CRISE SANTA CASA

Denúncia de crise na Santa Casa: salários de funcionários estariam atrasados

Além do suposto atraso no pagamento da folha, coordenações de setores do hospital estariam sendo “eliminadas”
Por: Ralph Diniz | Categoria: Saúde | 15-06-2024 05:05 | 1908
Foto: Arquivo

Informações obtidas pelo Jornal do Sudoeste apontam que a Santa Casa de Misericórdia de São Sebastião do Paraíso estaria enfrentando sérios problemas financeiros nos últimos meses. Segundo os apontamentos, o hospital teria problemas não apenas para pagar salário de parte de seus funcionários, mas também outros tipos de pagamentos essenciais para a manutenção de suas operações.

Funcionários do hospital, que preferiram não se identificar, relataram que os salários estão sendo atrasados há meses, causando transtornos significativos para suas famílias e afetando a moral da equipe. "Estamos trabalhando no limite, tanto emocional quanto fisicamente, e ainda temos que lidar com a incerteza de nossos pagamentos", comenta um dos trabalhadores.

Além dos salários, há relatos de atrasos em pagamentos a fornecedores, o que estaria comprometendo a disponibilidade de insumos médicos essenciais.

Há ainda informação de que as coordenações de alguns setores vitais estão sendo eliminadas. Setores como Ambulatório, Urgência/Emergência, Recursos Humanos, Comercial e Faturamento teriam tido suas lideranças retiradas ou significativamente reduzidas. A reestruturação, segundo os informantes, gerou preocupações sobre a capacidade do hospital de atender adequadamente a comunidade.

A reportagem entrou em contato com o departamento responsável pela comunicação da Santa Casa de Paraíso, a fim de obter informações sobre a veracidade dos pontos apresentados pelos funcionários que procuraram o “JS” nesta semana. O responsável pelo setor informou que havia repassado os questionamentos à direção, contudo, até o fechamento desta edição, o hospital não havia se pronunciado sobre o assunto.