CALÇADAS

Pedestres reclamam de calçadas irregulares

Por: Sebastião Tadeu Ribeiro | Categoria: Esporte | 05-07-2024 17:35 | 977
Tampa de caixa de concreto de frente para o Banco Itaú, está fragilizada oferecendo riscos de acidentes com pedestres
Tampa de caixa de concreto de frente para o Banco Itaú, está fragilizada oferecendo riscos de acidentes com pedestres Foto: Sebastião Tadeu

São inúmeras reclamações que têm chegado ao Jornal do Sudoeste sobre irregularidades nas calçadas nas vias públicas, que dificultam e até provocam acidentes com pedestres em São Sebastião do Paraíso. O pior de tudo é que reclamantes têm feito reclamações na Prefeitura e não tem virado em nada, o departamento responsável para resolver este problema, está deixando como está, pra ver como é que fica, alega e ironiza um dos reclamantes.

Desta vez as reclamações são de uma tampa de caixa que deve ser de água, esgoto, ou de outra “coisa” qualquer, que está danificada na calçada de frente para o Banco Itaú, na Rua Alferes Patrício, no Centro de Paraíso.

Um dos reclamantes afirmou ao JS, que por volta de um mês atrás ele estava passando pela referida calçada e levou um baita tropeço ao pisar em cima da tampa de caixa de concreto que está danificada. Só não cai feio porque tive sorte devido estar ali bem próximo de mim um rapaz que me segurou, evitando assim a minha queda, que poderia até provocar fratura, porque sou pessoa idosa.

“Fui à Prefeitura registrar queixa do problema, a atendente me disse que este problema é de responsabilidade do Banco Itaú. Fui ao Banco e conversei com um dos gerentes, ele me disse que já tinha feito pedido para a central do Banco, pedindo autorização para mandar efetuar a troca da tampa da caixa, mas isso já passou de um mês, o problema continua com esta tampa fragilizada que pode sim até vir a quebrar e provocar acidente sério com pedestres, alerta e com total razão um dos denunciantes.

Na calçada de um terreno vago que faz dívida com o Colégio Paraisense, na Avenida Monsenhor Mancini, também já faz anos que existem buracos e tocos de árvores que dificultam a passagem de pedestres, principalmente de cadeirantes e de mães que transportam filhos em carrinhos de bebês.

Já foram feitas inúmeras denúncias a respeito destes fatos, mas tão pouco os proprietários destes imóveis com calçadas irregulares e a Prefeitura de Paraíso, não tomam as devidas providências, cadê a fiscalização, cadê a punição, desabafou um dos denunciantes.