Brilhante vitória do GM Evandro Barbosa na Arena Olímpica

Por: Gérson Peres Batista | Categoria: Acidente | 23-08-2017 06:08 | 3034
Cumprimentos dos jogadores na rodada inaugural do Aberto do Brasil na Arena Olímpica
Cumprimentos dos jogadores na rodada inaugural do Aberto do Brasil na Arena Olímpica Foto: Ana Regina Bonvini

O paraisense Evandro Barbosa foi o grande campeão do I Aberto do Brasil organizado pelo Clube de Xadrez de São Sebastião do Paraíso – CXSSP na Arena Olímpica.
O jovem grande mestre conseguiu superar seu adversário direto, o GM Everaldo Matsuura, atual campeão brasileiro e que ficou com o vice-campeonato.
O evento contou com mais de 50 participantes vindos dos estados de MG, SP, SC, PB e RJ. Foram disputadas seis duras rodadas, com transmissão ao vivo pela internet dos primeiros tabuleiros, com confrontos acirrados e de alto nível técnico.
Torneio oficial da Federação Internacional de Xadrez (FIDE) e da Confederação Brasileira de Xadrez (CBX), contou pontos para o ranking internacional e nacional.
Valeu vaga para a Semifinal do Brasileiro Absoluto e ainda distribuiu R$ 5 mil em prêmios.
A prova teve o apoio da Prefeitura Municipal de São Sebastião do Paraíso.
Classificação dos dez primeiros no geral:
Campeão: GM Evandro Barbosa (São Sebastião do Paraíso).
Vice-campeão: GM Everal-do Matsuura (SP).
3º lugar: MF Alfeu Bueno (SC).
4º lugar: MF Frederico Ga-zel  (MG).
5º lugar: MI Cesar Umet-subo (SC).
6º lugar: MF Luismar Brito (PB).
7º lugar: CM Vitor Frois (MG).
8º lugar: MN Gérson Batista (São Sebastião do Paraíso).
9º lugar: MN Guilherme Deola (SC).
10º lugar: Helcio Pacheco (SP).




Classificação do feminino:
Campeã: WMI Larissa Ichimura (SP).
Vice-campeã: Adriana Bon-vini (SP).
3ª colocada: Lesly Montú-far (MG).
Já o melhor com rating até 2000 pontos foi Fábio Trombini (MG).
Nas categorias por idade sagraram-se campeões: Sub10: Andrew Duarte (São Sebastião do Paraíso); Sub12: Renan Laperuta (SP); Sub14: Eymi Montúfar (MG); Sub16: Larissa Campos (MG); Sub18: Isabelle Tamarozi (SP); e Sub20: Gilberto Henriques (São Sebastião do Paraíso). Arbitragem competente comandada pelo árbitro nacional Jeovane Cascais Santos, auxilado pelo AA Lucas Samuel Rocha Issigira. Direção do evento de Thales Braghini Leão, que foi muito elogiado pelos participantes pela organização espetacular que realizou no Aberto do Brasil.
Para retratar a plena satisfação dos participantes, dentros os vários depoimentos sempre positivos no Facebook destacamos o do jornalista e MF Frederico Gazel, de Belo Horizonte, ex-campeão mineiro absoluto:
“Tive a oportunidade de conhecer as novíssimas instalações do Clube de Xadrez de Paraíso. Materiais de fino trato, um cuidado primoroso com os jogadores: mesas e jogos de peças dignos de nível europeu jamais vistos aqui no Brasil. São 5 tabuleiros do mais moderno material: DGT com transmissão em tempo real! Relógios digitais em todas as mesas. Cadeiras confortáveis, desde as primeiras mesas até as últimas com outro acabamento que não deixou em nada a desejar. Ambiente climatizado com ventilador de teto, água e cafezinho, banheiros limpos. Confesso que com rara exceção se viu um torneio orquestrado nessa grandeza em terras tupiniquins. Um agradecimento especial aos amigos organizadores. Parabéns CXSSP!”.
Que venha o II Aberto do Brasil do CXSSP em 2018!
Site oficial do evento: www.cxssp.com.br.

 O árbitro Lucas Issigira, o campeão GM Evandro Barbosa  e o diretor do Aberto do Brasil Thales Leão
Grande mestre Evandro Barbosa ficou com o primeiro lugar no Aberto do Brasil de São Sebastião do Paraíso