PRIMEIRA REUNIÃO

Trânsito de Paraíso é debatido na primeira reunião do ano na Câmara

Vereador Marcos Vitorino propõe audiência pública sobre o tema que preocupa autoridade no município
Por: Ralph Diniz | Categoria: Transporte | 07-02-2024 01:59 | 93
Foto: Arquivo

Na primeira reunião ordinária da Câmara Municipal de São Sebastião do Paraíso deste ano, realizada segunda-feira, 5, uma proposta do vereador Marcos Antônio Vitorino (Marcão da Ambulância), ganhou destaque e aprovação unânime dos parlamentares. A iniciativa sugere a realização de uma audiência pública dedicada a discutir a problemática do trânsito na cidade, uma questão que tem gerado crescente preocupação entre os moradores e autoridades locais.

Marcão da Ambulância, em sua fala, destacou a urgência de abordar o tema de maneira abrangente, envolvendo a comunidade, especialistas e as autoridades. “Temos visto muitas pessoas feridas, hospitalizadas, com sequelas e até mortas em acidentes dentro da nossa cidade por conta do trânsito,” comentou o vereador, evidenciando a gravidade da situação.

O vereador aponta que, embora autoridades tenham atuado dentro de suas competências, a principal causa dos problemas no trânsito local seria a falta de respeito às regras e ao próximo por parte da própria comunidade. Um episódio recente ilustra essa questão: no início do ano, uma briga de trânsito acabou com um motociclista ferido no braço por um facão após um desentendimento com um motorista, refletindo a tensão e violência que podem emanar das vias da cidade.

“Passou da hora de trazermos isso para uma discussão na Casa Legislativa e convocar a população para discutirmos e encontrarmos juntos uma solução para melhorar a situação para todos,” afirmou Marcão, que também promete apresentar algumas sugestões durante a audiência pública.

Marcão expressou que uma audiência pública reflete o compromisso dos representantes eleitos em ouvir e agir conforme as necessidades dos cidadãos, abrindo caminho para uma gestão participativa e responsiva diante dos problemas como os enfrentado no trânsito paraisense nos últimos anos.

Já no grande expediente, o vereador Juliano Reis (Biju) destacou a gravidade dos problemas de trânsito no município, apresentando no plenário números dos acidentes de trânsito atendidos pelo 2º Pelotão do Corpo de Bombeiros de Paraíso nos últimos três anos e que foram divulgados em reportagem recente do Jornal do Sudoeste.

Apesar de mais de a metade dos incidentes envolverem motociclistas, Biju declarou que, ao contrário do que alguns possam pensar, os desafios enfrentados no trânsito não podem ser atribuídos a uma única categoria de usuários. “Os problemas de trânsito são um problema de todos nós, inclusive dos pedestres,” afirmou, ressaltando que a educação e o respeito às regras de trânsito são fundamentais para evitar acidentes.

O vereador também enfa-tizou a importância de não direcionar a responsabilidade pelos problemas do trânsito a grupos específicos, como os entregadores, que desempenham um papel vital na economia local. “Os entregadores são artéria que movem São Sebastião do Paraíso. Se você precisa de um lanche, eles que vão entregar; do seu medicamento, eles que vão te levar,” disse Biju, indicando que a maior incidência de ocorrências com motociclistas se deve ao fato de serem mais numerosos, e não a uma falha intrínseca dessa categoria.

Além disso, Biju chamou atenção para a necessidade de uma ação conjunta envolvendo diferentes setores da sociedade, incluindo a educação. Ele propôs a mobilização da comunidade e das autoridades para educar as novas gerações sobre a importância do respeito no trânsito. “A gente tem que começar de uma nova geração para tentar colocar na cabecinha deles para que eles estimulem aos pais a não fazer tanta burrada quanto está ocorrendo aqui,” destacou o vereador, mencionando também a relevância de discutir a problemática do trânsito nas escolas.

Biju ainda criticou a postura de apontar culpados e enfatizou a urgência de abordar a questão com seriedade, dada a alta taxa de acidentes e óbitos na cidade. Ele mencionou a promoção de uma audiência pública sobre o trânsito e sugeriu a implementação de um projeto para melhorar a situação, destacando a importância da colaboração e da ação prática em vez de simples críticas.

O vereador abordou a questão da obstrução das calçadas e a inconsistência na fiscalização, que afeta a segurança dos pedestres. Ele defendeu uma fiscalização mais eficaz por parte do setor de urbanismo para garantir que as calçadas permaneçam desobstruídas, permitindo a livre passagem dos pedestres e contribuindo para um trânsito mais seguro e ordenado para todos.

O presidente da Câmara, vereador José Luiz das Graças, enfatizou a importância da discussão do assunto e se prontificou a comunicar todos as autoridades e especialistas de trânsito a tempo para que a audiência será realizada, provavelmente, na primeira quinzena de março. “Fica o nosso compromisso de marcar essa audiência. É o momento oportuno para discutirmos esse assunto tão importante e preocupante”, completou.

NÚMEROS DE ACIDENTES DE TRÂNSITO NOS ÚLTIMOS QUATRO ANOS
Conforme publicado pelo “JS” em reportagem, em 2023, as equipes de resgate do 2º Pelotão do Corpo de Bombeiros de Paraíso atenderam a 247 acidentes de trânsito nas vias públicas da cidade, sendo 136 com motociclistas envolvidos. Em 2022, foram 252 ocorrências atendidas, incluindo 149 acidentes de motos; em 2021, houve 242 fatos, com 124 acidentes com vítimas que estavam em motocicletas, e, por fim, em 2020, ano impac-tado pela pandemia de covid-19 e consequente isolamento social, foram registrados 207 acidentes, com uma distribuição similar entre as categorias, com 105 acidentes de motos.