COLETA SELETIVA

Prefeitura inicia novo programa de coleta seletiva

Por: . | Categoria: Cidades | 15-03-2024 23:00 | 508
Foto:

A Prefeitura de São Sebastião do Paraíso inicia nesta segunda-feira, 18, novo modelo de coleta seletiva dos materiais recicláveis no município. Por meio de chamamento público, a Associação Recicla foi selecionada para ser parceira da Prefeitura neste processo, que tem por finalidade, além de gerar renda aos coletores, também proporcionar os benefícios ambientais gerados pela reciclagem e aumentar a vida útil do Aterro Sanitário municipal.

O secretário municipal de Meio Ambiente, Renan Jorge Preto, destaca que será um novo formato de coletiva seletiva, com rotas bem definidas. Segundo explica, a cidade foi dividida por setores e, a princípio, serão cinco rotas, uma para cada dia da semana, de segunda a sexta-feira, funcionando em dias alternados nos bairros com a coleta do lixo comum, exceto às quartas-feiras, dia que ambas as coletas contemplam o centro da cidade e adjacências. 

O secretário ressalta que nesse primeiro momento, a coleta passará somente um dia da semana em cada bairro, mas a intenção é identificar os pontos de maior demanda e ampliar a frequência da coleta nesses locais, da mesma forma que é feita com a coleta do lixo comum. “É um projeto para o futuro atender em mais dias, principalmente, os locais que geram mais materiais recicláveis e, também, expandir para a área rural, condomínios e os distritos de Guardinha e Termópolis, que são locais que queremos muito atender”, ressalta Renan.

Renan orienta a população a aderir à coleta seletiva e se adequar aos dias que o caminhão passará nos bairros. “A coleta funcionará sempre em dias alternados, exceto às quartas-feiras, dia que ambas as coletas contemplam o centro da cidade e adjacências. Nesse setor, pedimos que o cidadão, se possível, identifique no próprio saco o tipo de material que contém ali dentro. Os caminhões tocarão a música da coleta seletiva, o que contribuirá para o cidadão saber quando estiverem passando”, acrescenta. O secretário explica ainda que os caminhões da coleta serão rastreados em tempo real, para identificar qualquer tipo de falha que porventura ocorrer e para, também, fazer o controle das rotas e melhorar constantemente o serviço.

A Associação Recicla, conforme ressalta Renan, foi escolhida através de processo de seleção realizado por meio de um chamamento público, em que as associações precisariam atender a alguns critérios, entre eles ser formada exclusivamente por coletores, ter como objetivo social a reciclagem, além de estar presente, conforme edital, em todos os mutirões de combate à dengue, que recolhe muito material reciclável, além de outras questões como rastreamento do caminhão e uso de EPIs. (Secom Pref. SSP)

--